Postagens

Mostrando postagens de Abril 1, 2020

URGENTE: Brasil tem mais de mil novos casos de coronavírus em 24h

Imagem
Redação Pragmatismo
Balanço divulgado neste instante pelo Ministério da Saúde mostra que, em apenas 24 horas, Brasil registra 1,1 mil novos casos confirmados a mais de coronavírus. Mortes chegam a 240
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta  (Imagem: Marcello Casal/ABR)
No final da tarde desta quarta-feira (1), o Ministério da Saúde anunciou que subiu para 240 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil — um aumento de 39 mortes em apenas 24 horas.
No total, são 6.836 casos oficiais confirmados no país até agora, segundo o governo (1.121 diagnósticos em um dia). A taxa de letalidade da doença no Brasil é de 3,5%. A título de comparação, a taxa de mortalidade da H1N1 é de 0,2%.
As novas vítimas são dos estados do Ceará (1), Minas Gerais (1), Paraíba (1); Pernambuco (2); Rio Grande do Norte (1); Rio de Janeiro (5); e São Paulo (28).
No total, as mortes relacionadas ao vírus em cada estado são: Alagoas (1), Amazonas (3); Bahia (2); Ceará (8); Distrito Federal (3); Goiás …

Paulo Câmara participa da primeira reunião do Comitê Científico do Consórcio Nordeste

Imagem
Grupo, formado por pesquisadores e cientistas, vai assessorar os gestores estaduais na articulação de medidas de enfrentamento à Covid-19
A primeira reunião do Comitê Científico do Consórcio Nordeste aconteceu nesta quarta-feira (01.04), reunindo governadores e equipes técnicas dos nove Estados da região, por meio de videoconferência. O grupo, formado por pesquisadores e cientistas, fez uma apresentação da metodologia que será implantada com o objetivo de auxiliar os gestores estaduais na articulação de medidas de combate à Covid-19 com base em argumentos científicos.
De acordo com o governador Paulo Câmara, a comissão é mais um esforço no enfrentamento ao novo coronavírus, possibilitando maiores condições e mecanismos para salvar vidas. “Realizamos hoje, por meio de videoconferência, a primeira reunião do Comitê Científico do Consórcio Nordeste. Esse é um instrumento que nos ajudará muito no combate à Covid-19, garantindo a cada Estado da região uma orientação mais precisa, do ponto de…

"Meu pai morreu porque é pobre", diz filho de primeira vítima de coronavírus em AL

Imagem
Pragmatismo Político
Aguardando vaga em UTI de um hospital especializado, homem passou quatro dias de peregrinação entre duas UPAs e um hospital geral. Apenas com informações que coletou na internet, filho fez diagnóstico mais preciso do que os médicos. O jovem relata uma série de negligências e diz que está sofrendo preconceito
(Imagem ilustrativa/Reprodução/Médicos tratam paciente com coronavírus)
“Meu pai morreu porque é pobre, porque atendimento foi fraco, precisava de suporte avançado de UTI. Não era para ter morrido. Se ele tivesse ido para uma UTI, ele tinha sobrevivido. Infelizmente, foi deficiência de uma UTI, não teve assistência médica intensiva adequada”.
O depoimento acima é do filho da primeira pessoa a morrer vítima de coronavírus no estado de Alagoas. O jovem, que prefere que seu nome não seja divulgado, relata uma série de descasos e negligências e acredita que a vida do seu pai, de 64 anos, poderia ter sido salva.
O filho conta que foram quatro dias de peregrinação entre …

Túlio Gadêlha apresenta emendas à MP 927 para garantir direitos trabalhistas

Imagem
Com o objetivo de manter direitos trabalhistas e assegurar as inspeções do trabalho, o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) apresentou, nesta terça-feira (31), dez emendas à Medida Provisória (MP) 927/20, que trata sobre as relações trabalhistas durante a vigência do estado de calamidade pública provocada pela pandemia do coronavírus (Covid-19).
O pedetista apresentou emendas para suprimir diversos artigos que retiravam garantias e direitos trabalhistas, aumentavam carga de trabalho e suspendiam prazos para análise de benefícios. “Algumas das medidas propostas não contribuem para o enfrentamento da crise do coronavírus, nem guardam qualquer relação com a preservação de empregos ou da renda, que é o objetivo da medida provisória”, diz.
Uma das emendas pede a retirada do artigo que diz que trabalhadores que atuem em situações de exposição ao Covid-19 não estarão integralmente amparados pelas normas de proteção ao trabalhador, e no caso de contraírem a doença, essa situação não será con…

Vamos encontrar uma solução!

Imagem
Por Zé Minhoca*
Esse tal de "coronavírus”, além de trazer medo e pânico, conseguiu desarrumar a vida de muita gente aqui  na nossa região. Sei de milhares de pais e mães de famílias, que tiram o sustento dos seus lares, no nosso abençoando Moda Center, lugar que todos conhecemos como coração; pulmão; fígado e membros da nossa vigorosa economia, mas que encontra-se, temporariamente fechado! Sei, também, de outros milhares que vivem na informalidade e daí vem a pergunta que não quer calar: eles, todos eles, vão viver de quê? E os pequenos e médios comerciantes, que não tem capital de giro suficiente para bancar, esses, segundo as autoridades,  três ou quatro meses de arrocho, também vão viver de quê? Inconformado, deito um olhar profundo; sereno e triste, sobre a preocupante, real e concreta perspectiva do iminente colapso financeiro, que ameaça nossa população. Como ficarão as nossas costureiras e costureiros? E os cortadores? E os enfestadores? E toda a cadeia de apoio como ficará? E o…

Empresas de médio porte recorrem ao governo para manter salários em dia

Imagem
Com faturamento superior a R$ 10 milhões ao ano, companhias reclamam que não estão sendo contempladas; empresários pedem acesso a linhas de crédito para garantir capital de giro
Renée Pereira e Cleide Silva, O Estado de S.Paulo
Empresas de médio porte, com faturamento acima de R$ 10 milhões anuais, reclamam de falta de apoio do governo federal para amenizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Na semana passada, elas ficaram de fora do pacote anunciado para ajudar pequenas e médias companhias (com receita entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões por ano) no pagamento da folha de salários por dois meses. Alguns empresários falam em risco para honrar os compromissos salariais já em abril e se queixam da falta de crédito no mercado.
LEIA TAMBÉM >Empresas fora do Simples vão ter que pagar 30% do salário do empregado em suspensão de contrato
O presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, levou a reclamação ao ministro da Economia, Paulo Guedes. Em sua avaliação, além do pacote ter de inclu…

Equipe de Guedes quer vetar parte do auxílio de R$ 600 aprovado pelo Congresso

Imagem
Governo é contra a ampliação do BPC, que faz parte do projeto, e ainda exige aprovação de uma PEC para liberar recursos
Por Brasil Econômico - com informações das agências O Globo e Brasil
Geraldo Magela/Agência Senado - 8.2.19 Equipe do Ministério da Economia busca vetar parte do auxílio de  R$ 600 aprovado pelo Congresso
A equipe econômica vai pedir ao presidente Jair Bolsonaro para vetar um trecho do projeto de lei que cria o auxílio emergencial de R$ 600 por três meses para trabalhadores autônomos e informais, por conta da crise causada pelo novo coronavírus. O ministro Paulo Guedes diz ainda que a liberação dos recursos depende de trâmites jurídicos e da aprovação de uma proposta de emenda à Constituição (PEC), o que demanda longo tempo de aprovação, apesar do apoio irrestrito do Congresso.
Leia também: Maia pede celeridade e considera "gravíssimo" cronograma do governo federal sobre auxílio de R$ 600
Deputados e senadores aprovaram, junto com esse auxílio de R$ 600 , a …