PF prende 10 pessoas em Brasília por desvios e fraudes no auxílio emergencial

Órgão cumpre 14 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal; algumas pessoas foram presas por posse ilegal de arma e tráfico

Por Agência O Globo

Agência Brasil
Polícia Federal realiza 14 mandados de busca e apreensão no DF

A Polícia Federal (PF) cumpre, nesta quarta-feira (18), 14 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de desviar e fraudar os pagamentos do auxílio emergencial , benefício criado pelo governo federal para dar uma renda mínima às famílias em meio à pandemia do Covid-19. A operação foi batizada de Resiliência .

Leia também
Segundo a PF , as investigações identificaram que os suspeitos recebiam o auxílio fraudado em nome próprio e viabilizavam a fraude em nome de terceiros, recebendo um percentual do repasse às demais pessoas. Não foram divulgados detalhes sobre como era feita essa fraude.

O grupo também é suspeito de envolvimento em crimes como fraudes ao Fundo de Garatia por Tempo de Serviço (FGTS), benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS ) e tráfico de drogas. Todos os mandados são cumpridos no Distrito Federal , nas regiões administrativas do Paranoá e de Itapoã.

Durante o cumprimento das buscas, cinco pessoas foram presas em flagrante, duas pelo crime de tráfico ilícito de entorpecentes e três por posse ilegal de arma de fogo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz