"SABATINA DOS PROFESSORES CONFIRMA DESPREPARO DO CANDIDATO DIDA DE NAN", DIZ ISRAEL

Por ISRAEL DE CARVALHO LEITE


A sabatina do Sindupron, sindicato dos professores de Santa Cruz do Capibaribe, na noite desta segunda-feira (26/10), na Câmara de vereadores do município, veio a confirmar o que a população já conhece que é o despreparo do candidato Dida de Nan, PSDB, que representa o continuísmo da gestão do prefeito Edson Vieira. Do encontro participaram 36 professores efetivos inscritos previamente, dos quais foram selecionados 12 deles para formularem suas perguntas ao candidato.

Dida, assessorado pelo seu vice Joselito Pedro, Priscila e outro, que a todo instante lhe orientavam nas respostas a serem dadas, mostrou completo despreparo para responder à altura o que lhe foi perguntado, às vezes sem ter o domínio do conteúdo abordado, como é o caso do projeto de educação conectada que está no seu plano de governo, se limitando a dizer que "a educação conectada já está aí", se referindo ele às aulas remotas que os professores da rede estão ministrando temporariamente, "e agora é só ampliar e melhorar"; e outras vezes mostrando desconhecimento e contradição nas informações que passou para o público.

Disse que o município tem hoje 8 escolas que foram requalificadas, mas dias antes, numa entrevista à TV Jornal, o mesmo afirmara que no município há 26 escolas, que foram requalificadas para melhor atender aos alunos. Quer dizer, desconhecimento da real situação educacional do município, contradições, e o apelo insistente ao emocionalismo e confiança que ele espera do eleitorado em sua pessoa, que tem fama de ser gente boa, e que fará de tudo para desempenhar um bom trabalho pelo município.

Quando perguntado por uma professora sobre os recursos para climatização das escolas, de onde viriam, ele se limitou a dizer que "dinheiro tem" e voltou a repetir "dinheiro tem pra tudo". Assegurou que irá construir novas creches, mesmo com as três creches do governo federal que está por concluir. Sobre o problema dos transportes escolares, ele disse que vai se livrar dos ônibus que deram tanto aperreio aos pais e aos alunos com a quebra quebra dos veículos sucateados, "construindo quatro escolas nos bairros, uma em cada ano do seu mandato e construir salas de aulas nos bairros para manter os alunos estudando na área em que moram, dispensando os ônibus". E completou: "Basta ter uma boa equipe, que faça projeto, que vá atrás, no estado, Brasília e aí dar pra fazer". Simples assim, e destacou "com pensamento positivo". Dar para acreditar?!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS