Petróleo dispara após explosão próximo ao porto de Beirute

Analistas avaliam que mercado responde à incerteza causada pelo acidente no Líbano. Não há informações sobre causa do acidente

Por Agência O Globo

Reprodução/Globonews
Explosão na região portuária de Beirute, no Líbano, deixou centenas de feridos.

Após a explosão na zona portuária de Beirute , capital do Líbano, o preço do petróleo no mercado internacional passou a subir. Por volta das 14h, o barril do WTI (referência da produção americana) avançava 1,19%, a US$ 41,50. Já o Brent (referência internacional) sobe 0,48%, valendo US$ 44,36. Mais cedo, cotação estava em queda

Leia também
As autoridades libanesas ainda não sabem qual a causa do acidente, mas o governo confirmou que a explosão "deixou um número alto de feridos e causou danos à cidade".

Pedro Galdi , analista da Mirae Asset , destaca que a subida na cotação do petróleo está relacionada com uma resposta imediata do mercado ao fato.

"O que observamos é o mercado fazendo um ajuste após o susto causado pela confirmação da explosão. É uma resposta imediata, motivada pela falta de informações sobre a real causa do acidente e da áreas afetadas", disse.

Na parte da manhã, a cotação da commodity operava em queda, por conta de temores dos investidores a respeito da retomada da atividade econômica global. Até por volta do meio-dia, o Brent caía 1,65%, a US$ 43,41. O WTI , por sua vez, perdia 1,66%, com o barril negociado a US$ 40,33.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS