O pastor Milton Ribeiro é o novo ministro da Educação


Correio Braziliense

O pastor evangélico Milton Ribeiro é o novo ministro da Educação. O presidente Jair Bolsonaro já bateu o martelo. Ele foi indicado pelo ministro da Justiça, André Mendonça.

Ribeiro é membro da Comissão de Ética Pública da Presidência, é ligado à Universidade Mackenzie e apresenta no currículo doutorado em Educação. Ele tem ótimo trânsito com o ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e com o presidente do PSD, Gilberto Kassab.

Pastor na Igreja Presbiteriana de Santos, Ribeiro havia conversado com Bolsonaro sobre a possibilidade de assumir a Educação na última terça-feira (04/07). Será a quarta pessoa a ocupar a pasta da Educação.

Bolsonaro usou as redes sociais para anunciar a escolha de Ribeiro. “Indiquei o Professor Milton Ribeiro para ser o titular do Ministério da Educação. Doutor em Educação pela USP, mestre em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e graduado em Direito e Teologia. Desde maio de 2019, é membro da Comissão de Ética da Presidência da República”, escreveu.

Ribeiro é terrivelmente evangélico

Ribeiro não era o nome preferido dos militares, mas também não é visto como grande problema pela caserna. O pastor agrada muito a ala mais conservadora do governo. Ele é considerado “terrivelmente evangélico”.

O Ministério da Educação está sem titular há quase um mês, desde que Abraham Weintraub foi demitido numa estratégia de Bolsonaro de tentar apaziguar os ânimos com o Supremo Tribunal Federal.

O presidente chegou a nomear Carlos Alberto Decotelli para a Educação, mas ele sequer chegou a tomar posse. Foi derrubado depois de uma enxurrada de denúncias de fraudes em seu currículo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS