Fumaça, fogo, rasteiras e especulações - Em jogo, o futuro político de Helinho Aragão

Por César Mello

Imagem: Blog Direto ao Ponto (G2 Comunicação Integrada)

Em sua coluna no Blog da Polo FM, o professor Romenick Stiffen abordou um tema que deixou algumas pessoas de orelha em pé nos bastidores da política local. A máxima de que ‘onde há fumaça, há fogo’ foi aplicada no texto que retrata falas do deputado Silvio Costa Filho, que recentemente concedeu entrevista ao comunicador Alberes Xavier. 

Na entrevista, Silvinho, que preside o Republicanos em Pernambuco, foi claro e disse que o compromisso de Zé e de Tallys é fortalecer o partido (ao qual ambos se filiaram recentemente) no município. “Nós não conversamos ainda sobre o processo eleitoral, vamos sentar pra conversar e decidir a melhor estratégia. Eu, se depender de mim, acho que Zé Augusto deveria ser candidato a prefeito e os Republicanos ter candidato a prefeito… Se depender de mim ele deveria disputar a prefeitura, tem o apoio e a confiança do partido, entretanto, na hora certa, nós temos que sentar a mesa com outros partidos que temos dialogado, para tomarmos a decisão da melhor estratégia”. 

Romenick afirmou ainda que conversou com Tallys Maia e que o mesmo garantiu que, “apesar da especulação de uma possível candidatura dos republicanos, não está trabalhando com outro plano, a não ser a candidatura de Helinho, garantido pelo Deputado Diogo Moraes e por figuras importantes do partido”, no entanto, mais adiante, Tallys admite que, “caso haja uma negativa do PSB em dar legenda a Helinho, o grupo irá se reunir e discutir”. 

Toda essa fumaça e todo esse indicio de fogo se dar por conta da indefinição em torno do caminho que seguirá o PSB em Santa Cruz do Capibaribe. A dúvida se o partido terá candidatura própria a prefeito ou se seguirá o projeto de Fernando Aragão tem angustiado lideranças políticas, alimentado especulações e deixado margens à várias interpretações e pior, teorias conspiratórias, que quase sempre culminam com a ‘fritura política’ de Helinho Aragão. 

Depois da fumaça e do indício de fogo, trazidos por Romenick em sua coluna, podemos fazer algumas perguntas agora: 

Afinal de contas, quer dizer que Zé Augusto Maia anunciou o apoio do Republicanos em Santa Cruz a Helinho Aragão, defendendo sua pré-candidatura, principalmente em programas de rádio, mas, não conversou sobre tal assunto com o presidente estadual da legenda? 
  • Zé Augusto está mesmo, 100% comprometido com o projeto político de Helinho Aragão, ou já trabalha com um plano B? 
  • Zé Augusto Maia tem condições (políticas e jurídicas) de voltar a disputar a Prefeitura de Santa Cruz? 
  • Helinho Aragão pode mesmo contar com o engajamento e comprometimento da família Maia em seu projeto político para a eleição deste ano? 
  • Helinho Aragão tem mesmo o controle do seu projeto eleitoral? 
  • Estaria Helinho Aragão prestes a levar mais uma rasteira política? 
  • E para finalizar: Quando o PSB estadual vai por um fim as especulações e definir qual caminho seguirá a legenda em Santa Cruz?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS