No primeiro dia da Operação Quarentena, Governo do Estado promove ações sanitárias, sociais e de fiscalização nos municípios abrangidos pelo decreto


Foram realizados serviços de sanitização de ruas e avenidas, distribuídas máscaras, cestas básicas e kits de higiene. Equipes de saúde também fizeram a aferição da temperatura da população

No primeiro dia em vigor do decreto que determina a quarentena nos municípios do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe e São Lourenço da Mata, o Governo do Pernambuco contemplou essas localidades com ações sociais, sanitárias, de saúde e fiscalização. Estão envolvidos profissionais das Secretarias de Saúde, Defesa Social, Prevenção, Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Urbano, Planejamento e Infraestrutura.

À tarde, o governador Paulo Câmara, depois de receber relatórios e fazer o acompanhamento das ações fez uma reunião, presencial e por videoconferência com o secretariado, para avaliar as primeiras medida da Operação Quarentena. Participaram os secretários André Longo, da Saúde, Antonio de Pádua, Defesa Social; Alexendre Rebêlo, Planejamento; Desenvolvimento Social, Sileno Gudes; e Prevenção, Cloves Benevides.


Em parceria com as Prefeituras, a Operação Quarentena distribuiu 4 mil máscaras, 640 kits de higiene e fez a aferição de temperatura em 612 pessoas nos municípios de Camaragibe e São Lourenço da Mata. As equipes ainda fizeram o trabalho de sanitização de ruas, praças e avenidas, utilizando 1.600 litros de produtos destinados a desinfecção de superfícies que possam ter sido contaminadas pelo covid-19. Cerca de 2 mil pessoas nas duas cidades receberam orientações sobre higiene e limpeza, bem como procedimentos durante o período de quarentena.

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) se juntou às secretarias municipais de Assistência Social do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe e São Lourenço da Mata para conscientizar comerciantes informais sobre a importância do isolamento social para o combate ao novo coronavírus. Nos cincos municípios, que iniciam neste sábado (16) medidas mais rígidas de isolamento social, os profissionais fizeram abordagens em supermercados, feiras e pontos de venda que geram aglomerações, informando sobre os cuidados de higiene, a obrigatoriedade da máscara e a necessidade de evitar concentração de pessoas. Buscando contribuir com a redução dos impactos provocados pela paralisação das atividades, o Governo de Pernambuco também iniciou a distribuição de cestas básicas para os comerciantes informais nesses municípios.


A distribuição de cestas básicas começou em Camaragibe para as famílias previamente cadastradas pela prefeitura. Na cidade, estão sendo entregues cerca de mil cestas durante o final de semana. A ação de sanitização foi realizada na região da Rua Elisa Cabral de Souza, um dos principais polos comerciais da cidade. 

Em São Lourenço da Mata, município com um número maior de profissionais informais, a entrega das cestas básicas acontece até a segunda-feira (18), no Centro Social Urbano Tito Pereira. Além das ações sociais, a Operação Quarentena conta ainda com atuações sanitárias e de fiscalização. O perímetro comercial da Avenida Dr. Francisco Correia, em São Lourenço da Mata foi beneficiado com a aplicação de produtos de limpeza nas ruas.


Foram entregues 320 kits de higiene pessoal e limpeza na comunidade Pixete, em São Lourenço da Mata. Em Camaragibe, o Governo do Estado promoveu a entrega de 320 kits. Cada bolsa contém máscaras de pano e cartilhas da Cufa-PE com informações sobre a necessidade de isolamento social, proporções de uso de água sanitária em caso de comunidade com baixa oferta de água encanada e dicas sobre o uso correto da máscara de proteção de boca e nariz.

A Secretaria de Defesa Social montou 35 pontos de bloqueio e fiscalização, com apoio da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guardas Municipais nos cinco municípios elencados pelo decreto.  A quarentena nessas cinco cidades estabelece que, até o dia 31 de maio, a população só poderá sair de casa para atividades essenciais, como ir ao supermercado, padaria, farmácia ou para atendimento médico. No caso de o deslocamento ser feito utilizando veículo, será preciso respeitar um rodízio: placas terminadas em número par só podem circular em dias pares. As terminadas em número ímpar, só podem circular em dias ímpares. 

Para os trabalhadores enquadrados nas 38 categorias de serviços essenciais listadas no decreto a circulação será permitida durante a quarentena, obedecendo aos dias de rodízio, com exceção de profissionais de saúde, segurança, bancários, funcionários de supermercados, padarias, farmácias, postos de gasolina, empresas de transporte rodoviário e metroviário, além de trabalhadores em vigilância e zeladoria. Esses poderão utilizar veículos próprios sem restrições.

Link com as imagens: https://we.tl/t-n4X8LUB1H7

Fotos: Heudes Regis /SEI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS