Vereadora solicita que gestantes sejam liberadas do ambiente de trabalho no Recife


Visando proteger a saúde das mulheres gestantes a vereadora Aline Mariano (PP) está requerendo à Prefeitura do Recife a recomendação de que as empresas públicas e privadas liberem todas as trabalhadoras grávidas da cidade. O objetivo é dar mais tranquilidade as profissionais em período de gestação e aos seus familiares enquanto a pandemia do novo coronavírus não for controlada.

Para a parlamentar, que preside a Comissão em Defesa dos Direitos da Mulher na Câmara do Recife, o momento exige sensibilidade dos patrões, gestores públicos e empregados que podem exercer algumas funções à distância longe da exposição e dos riscos da doença.

“Sabemos que as mulheres grávidas não são consideradas do grupo de risco do coronavírus, mas na contramão disso estão os efeitos psicológicos que as informações acerca da pandemia vem causando nas pessoas. Quem é mulher sabe o quanto esse período da gestação pode mexer com o lado emocional. Inclusive existem mulheres que são diagnosticadas com hipertensão durante a gravidez. É necessário que os empresários e gestores públicos entendam a necessidade que as mulheres têm de se sentirem bem, acolhidas e longe de qualquer possibilidade de contaminação. Inclusive em determinadas funções patrões e empregados podem chegar a um acordo para que esse trabalho seja realizado de casa”, explicou a vereadora.

Aline Mariano informou que já conversou com vários secretários da gestão sobre o requerimento e que conta com a simpatia dos gestores para que o assunto seja levado ao comitê de crise e que a Prefeitura do Recife recomende aos serviços públicos e empresas a liberação das mulheres grávidas do ambiente de trabalho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS