Postagens

Mostrando postagens de Março 20, 2019

A nova pesquisa Ibope sobre a popularidade do governo Bolsonaro

Imagem
Redação Pragmatismo
Jair Bolsonaro tem aprovação pior que FHC, Lula e Dilma em início de mandato, revela nova pesquisa Ibope. Rejeição ao governo explode em periferias e grandes cidades, enquanto ricos e evangélicos sustentam aprovação

A avaliação positiva do governo do presidente Jair Bolsonaro sofreu uma queda de 15 pontos percentuais em relação a janeiro e agora soma 34 por cento, apontou a nova pesquisa Ibope divulgada pelo instituto nesta quarta-feira, que também mostrou que a aprovação pessoal do presidente caiu 16 pontos no período.
De acordo com o levantamento, a avaliação regular do governo Bolsonaro é de 34 por cento, ao passo que 24 por cento avaliam o governo como ruim ou péssimo.
Em fevereiro, a avaliação positiva do governo era de 39 por cento, enquanto em janeiro esse número era de 49 por cento. No mês passado, 30 por cento consideravam o governo regular, contra 26 por cento em janeiro. Já o percentual dos que viam o governo de forma negativa era de 19 por cento em feve…

Moro se irrita com Maia: ‘Povo não aguenta mais’

Imagem
Do Blog do Josias

Normalmente comedido, o ministro Sergio Moro (Justiça) perdeu a calma com o presidente da Câmara. Além de retardar a tramitação do pacote anticrime de Moro, Maia declarou que o texto não passa de um “copia e cola” de outra proposta que já tramita na Câmara, de autoria do ministro do STF Alexandre de Moraes. 
O deputado desdenhou do pedido de urgência de Moro, a quem chamou de “funcionário do presidente Jair Bolsonaro.” 
Moro respondeu que seu projeto é “inovador e amplo”. Reiterou que tem pressa. E insinuou que a sociedade está do seu lado: “Talvez alguns entendam que o combate ao crime pode ser adiado indefinidamente, mas o povo brasileiro não aguenta mais.”

Reforma da previdência dos militares deve poupar só R$ 10 bi

Imagem
Por Fernando Mellis, do R7
Mudança nas aposentadorias das Forças Armadas poderia gerar economia de R$ 100 bilhões, mas governo incluiu restruturação de carreira no texto

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira (20), que o projeto de lei de reforma previdenciária dos militares pouparia de R$ 97,3 bilhões em dez anos. No entanto, um plano de restruturação da carreira das Forças Armadas vai custar cerca de R$ 86,8 bilhões nesse período, o que geraria uma economia líquida de R$ 10,4 bilhões.
Se comparado ao total que o governo planeja economizar com a reforma, a cifra dos militares representa apenas 1%.
Junto com o presidente Jair Bolsonaro, Guedes e outros ministros foram à Câmara dos Deputados, em um gesto simbólico, para entregar a proposta, que deve começar a tramitar na semana que vem. 
"A reforma da Previdência que nós orçamos em nossa proposta à Câmara dos Deputados em R$ 1,170 trilhão, é considerada pela equipe econômica indispensável para recuperar …

Previdência: trabalhadores rurais prometem "inundar" Câmara contra reforma

Imagem
PorLeonardo Sakamoto


Foto: Reuters
Organizações sindicais planejam “inundar” a Câmara dos Deputados com aposentados rurais e trabalhadores do campo para exigir dos parlamentares que excluam trechos da Reforma da Previdência assim que o debate sobre o tema engrenar. Na mira, estão as mudanças que dificultam o acesso à aposentadoria rural e as alterações no pagamento do benefício assistencial a idosos em situação de miséria.
A prioridade serão visitas a parlamentares das regiões Nordeste, Norte, Centro-Oeste e do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, de acordo com uma liderança que conversou com o blog. Cobrarão posição, tirarão fotos, postarão nas redes sociais.
Contam com o fato de que há poucos constrangimentos maiores que uma multidão de idosos pobres e trabalhadores do campo pedindo que não se altere as regras em nome de sua dignidade. Dizem que estão em diálogo com membros do governo, mas também afirmam que há pontos sobre os quais não há acordo. E lamentam que a construção sobr…

Entenda o que é OCDE e as condições dos EUA para o Brasil entrar nesta organização

Imagem
País decide abrir mão de vantagens em acordos comerciais na OMC em troca do seu ingresso no 'clube dos países ricos'
CDCláudia Dianni Estado de Minas
Após encontro no Salão Oval, os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump  deram entrevista coletiva no jardim da Casa Branca, à tarde (foto: ISAC NÓBREGA/PR)
Brasília – Um dia depois de dispensar cidadãos americanos de visto de entrada no Brasil sem nenhuma contrapartida, o presidente Jair Bolsonaro concordou em abrir mão de vantagens para negociar acordos comerciais com países ricos na Organização Mundial do Comércio (OMC), uma exigência do presidente dos EUA, Donald Trump, em troca de apoio ao pleito de o país ser aceito como membro pleno na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômicos (OCDE), conhecida como “clube dos países ricos”.
Como membro pleno da OCDE, o governo brasileiro espera atrair investimentos e obter outras vantagens, como acesso a financiamento externo com melhores condições. Por outro lado, vai a…

Gilmar pede providências a Toffoli sobre declarações de senador Kajuru à imprensa

Imagem
EC Estadão Conteúdo
Parlamentar disse durante entrevista concedida no último domingo, 17, que Gilmar "vende sentenças" e que será o "primeiro a ser questionado" pela CPI da Lava-Toga
O senador Jorge Kajuru (foto: Geraldo Magela/Agencia Senado )
No mesmo dia em que foi protocolado no Senado o requerimento para criação da CPI da Lava-Toga, nesta terça-feira, 19, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu ao presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, para que sejam tomadas providências sobre uma entrevista concedida pelo senador Jorge Kajuru (PSB/GO) a uma rádio, na qual o parlamentar afirma que Gilmar será o "primeiro a ser questionado" pela CPI, que tenta emplacar uma investigação contra o "ativismo judicial" dos tribunais superiores. Cabe ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), determinar se a comissão será criada.
O ofício enviado ao ministro Dias Toffoli descreve que a entrevista foi concedida no último domingo,…

Palavras que edificam.

Imagem
Sua meditação diária na Palavra de Deus Quem dera que se cumprisse o meu desejo, e que Deus me desse o que espero! Jó 6:8.
No ardor de sua enfermidade, no limiar de sua dor Jó, o patriarca, exclama desse jeito ao Senhor.

Quem já passou por algum momento difícil ou por alguma angústia tamanha que já não disse isso ao Senhor?Pois é nesse momento que buscamos o consolo, um conforto da parte de Deus. E Deus conhece nossa estrutura e está pronto a nos socorrer.

Quando as portas se fecham, Quando os homens dizem não ter mais solução, quando sentimos que estamos no limite de nossas forças , quando não podemos ou não temos mais nada a fazer, quando os recursos se esgotam ou quando a esperança quer nos abandonar.

Há um Deus nos céus que ouve o nosso clamor, que atende as nossas petições , que nos socorre na angústia.

O desejo de quem passa por algo é que chegue logo o fim do sofrimento , mas é Deus que sabe o tempo determinado e Ele por nos conhecer , permite que a dor ou o sofrimento perdure…