Pernambuco anuncia calendário do IPVA 2020

Imposto terá redução de 3,47% em 2020. Os contribuintes que optarem pelo pagamento em cota única, em fevereiro, terão desconto de 7%.
O Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretaria da Fazenda, por meio do Decreto de No 48.450, publicado hoje (24.12) no Diário Oficial do Estado informa que o valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) terá uma redução média de 3,47% em 2020, em relação a 2019. O percentual é calculado conforme a variação de preços de mercado estipulada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), entre set/out de 2018 e set/out de 2019 e a composição da frota de veículos tributáveis de Pernambuco em setembro de 2019. No caso dos automóveis, foi registrada uma queda de 3,99%, enquanto que os ônibus/micro-ônibus tiveram uma depreciação de 4,15%.
Os contribuintes que optarem pelo pagamento em cota única, em fevereiro, terão um desconto de 7%. Já os que decidirem pelo parcelamento em até três cotas irão pagar a primeira prestação também em fevereiro e quitar o IPVA nos meses subsequentes, com a última parcela em abril. As datas de vencimento variam de acordo com o número final da placa dos veículos.
Os carnês de pagamento começarão a ser enviados pelo Detran-PE aos proprietários a partir de janeiro, e também poderão ser acessados no site do órgão (www.detran.pe.gov.br).

Calendário de pagamento do IPVA 2020:
PRAZO PARA RECOLHIMENTO DO IPVA
RELATIVO A VEÍCULOS USADOS EXERCÍCIO DE 2020
NÚMERO DO ÚLTIMO DÍGITO DA PLACA IDENTIFICADORA DO VEÍCULO
COTA ÚNICA (com desconto de 7%)
1ª COTA
2ª COTA
3ª COTA
1 e 2
7.2.2020
7.2.2020
6.3.2020
7.4.2020
3 e 4
11.2.2020
11.2.2020
10.3.2020
14.4.2020
5 e 6
14.2.2020
14.2.2020
13.3.2020
17.4.2020
7 e 8
19.2.2020
19.2.2020
18.3.2020
23.4.2020
9 e 0
28.2.2020
28.2.2020
25.3.2020
30.4.2020

 Mais informações com o diretor Geral do Planejamento e Controle da Ação Fiscal, Cristiano Dias, pelo 9.9488.2405 ou 9.9927.9229.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado