Bolsonaro tem aprovação menor que Lula, Dilma e FHC após 1º ano

Carta Capital

JAIR BOLSONARO

O ex-capitão está entre os presidentes com pior avaliação para os 12 meses iniciais do primeiro mandato

Jair Bolsonaro pode colocar mais um troféu em sua estante. De acordo com pesquisa Datafolha divulgada neste domingo 8, ele está entre os presidentes com pior avaliação para os 12 meses iniciais do primeiro mandato. São 36% de pessoas que acham o governo ruim ou péssimo.

Como base de comparação, Bolsonaro perde para Fernando Collor, que tinha 34%, e leva uma lavada de Fernando Henrique, Lula (15% cada em seus primeiros mandatos) e Dilma Rousseff, com 6%. O ex-capitão vence apenas Itamar Franco e Michel Temer – o grande campeão nacional em desaprovação, que terminou seu primeiro ano com rejeição de 61%.

➤ Leia também:

Outro dado significativo para o Ano Novo da família Bolsonaro. Somando-se as avaliações de um governo ruim/péssimo e regular, a fatia chega a 68% da população ouvida pelo Datafolha. Ao lado do ex-capitão de forma inconteste seguem aqueles fiéis 30% que o acompanham desde a campanha eleitoral.

Entre os otimistas com Jair Bolsonaro estão, sobretudo, homens, brancos, empresários, com ensino superior e evangélicos. Contra o governo há os jovens, as mulheres, os negros, os indígenas e moradores da região nordeste.

➤ Leia também:

Ainda importante na pesquisa: a taxa dos que aprovam o trabalho do governo no combate à corrupção caiu de 34% para 29%. A reprovação neste segmento chegou a 50% – era de 44% no levantamento anterior.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS