Paulo Câmara: “Vamos ouvir a população, levar propostas e buscar, com unidade, vencer os obstáculos”


Habitantes do Agreste Central participaram do seminário regional do Todos por Pernambuco, que já contabiliza mais de 16 mil interações

CARUARU E BEZERROS - O governador Paulo Câmara promoveu, nesta sexta-feira (06/09), em Caruaru, o encerramento da 3ª rodada do Seminário Todos por Pernambuco, contemplando a população do Agreste Central. O fim desse ciclo de seminários regionais - que são um instrumento de construção coletiva de planejamento da gestão - ficou marcado pelo concorrido evento na Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Professor Lisboa.

“Já fizemos todo o Sertão. Ontem, estivemos em Garanhuns, na quarta-feira estivemos na Região Metropolitana e hoje estamos em Caruaru. Nosso intuito é discutir o futuro e priorizar as ações. O Todos por Pernambuco tem feito muito bem ao nosso Estado; é só ver Eduardo Campos, em 2007 e 2011, e nós, agora em 2015 e 2019. Fizemos esse movimento, que foi muito importante para Pernambuco se desenvolver, melhorar os serviços, fazer da educação um exemplo e trabalhar muito pela segurança e pela saúde. Vamos ouvir a população, vamos levar propostas e buscar junto a todos, com unidade, vencer os obstáculos, diante de um Brasil que passa por uma paralisia e que nos preocupa muito”, afirmou o governador.

No local, João Leal, estudante de Administração em São Caetano, foi um dos cidadãos que fizeram questão de participar, deixando sua proposta na ilha de computadores montada pelos gestores governamentais. “Deixei várias propostas. Uma delas foi a implantação do sistema de dessalinização de água na zona rural de São Caetano, que vai atender uma demanda dessa população e também para conseguir reaproveitar a criação de tilápias e camarões”, disse.
João Leal comentou ainda a importância da iniciativa. “Acho muito importante essa participação popular. Inclusive deixei um elogio sobre essa questão de tentar estar mais próximo da população. Não falo da política partidária, mas da política administrativa mesmo, onde a população consegue ser ouvida. Acredito que quando um governante passa a ouvir o povo, corre menor risco de errar e tem mais chance de acertar”, defendeu.

Durante o evento, o governador assinou a ordem de serviço para obras de expansão do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) em Caruaru, nos bairros do Alto do Moura, Loteamento Agamenon Magalhães e Rendeiras. São R$ 23 milhões investidos, incluindo obras, materiais e aquisição e instalação de ETE compacta, beneficiando cerca de 14 mil habitantes. Nos três bairros, serão implantados um total de 50.800m de tubulações, entre ramais de calçada, rede coletora e emissários; duas estações elevatórias de esgoto e uma estação de tratamento de esgotos; além de 2.450 ligações domiciliares.

O gestor estadual assinou ainda uma ordem de serviço para implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES), em Bezerros, investindo R$ 43 milhões para beneficiar 19 mil habitantes, com 5.519 ligações intradomiciliares. Cerca de 28 mil habitantes também serão beneficiados, em Belo Jardim, com o funcionamento da nova Estação de Tratamento de Esgoto, cuja ordem de serviço foi assinada também durante o seminário. Com um investimento de R$ 13 milhões, a ETE de Belo Jardim atenderá, na primeira etapa, o sistema de coleta de esgoto dos bairros, contemplando 8 mil ligações.

Houve ainda a assinatura do decreto que regulamenta o Fundo de Desenvolvimento da Cadeia Têxtil e de Confecções (FUNTEC). A medida faz parte de um pacote do Governo do Estado para fortalecer esse setor. O Polo de Confecções é o principal segmento econômico do Agreste, movimentando mais de R$ 5,6 bilhões por ano em negócios. O decreto regulamenta a criação do Comitê Deliberativo do Funtec, fundo instituído há quase dez anos por Lei Estadual (nº 13.958/2009) para fomentar o segmento. Desta forma, iniciativa privada e prefeituras municipais poderão decidir, em conjunto com o governo estadual, sobre a aplicação dos recursos que custeiam ações de qualificação de mão de obra, promoção comercial e incubação de empresas de moda.

Paulo Câmara assinou ainda a ordem de serviço para a construção de um parque linear em São Caetano. O Parque Ambiental Janelas para o Rio busca proteger as margens do Rio Ipojuca, além de valorizar a integração da população com o espaço público. O investimento na unidade de São Caetano é de quase R$ 3,5 milhões. As obras devem ser executadas em sete meses.

Os seminários do Todos por Pernambuco já realizados este ano contabilizaram um total de 13,7 mil participantes e 16,6 mil interações – entre propostas apresentadas e/ou apoio a propostas. Após o encerramento do ciclo de seminários, todo o material recolhido junto à população será sistematizado pela Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag) e servirá como insumo para a construção do Plano Plurianual (PPA), documento que contém um planejamento de médio prazo que orientará as ações do Governo de Pernambuco no período de 2020 a 2023.

PARQUE EM CARUARU - Antes de participar do Seminário Todos por Pernambuco, o governador visitou as obras do Parque Ambiental Janelas para o Rio em Caruaru, que também tem como objetivo proteger as margens do Rio Ipojuca. Esse primeiro parque conta com um investimento de R$ 6 milhões e tem prazo para conclusão de nove meses. O parque será implantado no terreno da Escola Municipal Altair Nunes Porto, situado no bairro do Cedro, região de grande densidade demográfica e carência de áreas de lazer em Caruaru. O local fica às margens do Rio Ipojuca, configurando a formação um parque linear, dentro da área de Preservação Permanente (APP).

“Esse parque dialoga com tudo o que queremos fazer nas margens do Rio Ipojuca em relação à preservação do meio ambiente. Vamos fazer realmente um trabalho de saneamento, que envolve não apenas o esgotamento sanitário e o abastecimento de água, mas também a preservação e o tratamento dos resíduos. Vai ser um grande ganho para a região. Uma área de lazer, cidadania e educação ambiental. Com certeza, vai ser um ambiente importante para estimular a preservação, para o exercício da cidadania e para melhorar a qualidade de vida das cidades”, assegurou o governador.

CARAVANA - Já em Bezerros, o governador Paulo Câmara participou ainda de uma nova caravana do Décimo Terceiro do Bolsa Família, ainda nesta sexta-feira (06). O encontro reuniu os beneficiários do Bolsa Família no município e apresentou detalhes da iniciativa estadual, que vai conceder anualmente até R$ 150, a título de parcela extra, aos pernambucanos cadastrados no programa federal. No Agreste Central, 484.513 (49% da população da localidade) recebe atualmente o benefício, e também terá direito ao Décimo Terceiro do Bolsa Família, pago pelo Governo do Estado. Especificamente em Bezerros, são 28 mil beneficiários (12 mil famílias), o que representa 46% da população da cidade, incluídos no programa.


Fotos: Heudes Regis/SEI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÉDICOS CUBANOS GANHAM DESPEDIDA, NA SEDE DA UESCC, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE