ERRO GROSSEIRO, por Dr Manoel Ramos

NOTÍCIA VEICULADA EM UM BLOG DE NOSSA TERRA:

"O município de Santa Cruz do Capibaribe, deu início neste sábado (07), às solenidades em comemoração aos 197 anos da Proclamação da República (Independência do Brasil), com hasteamento das bandeiras na sede da Prefeitura, ao som da Sociedade Musical Novo Século. A solenidade matinal foi encerra com o tradicional café da manhã".

Na verdade, a Proclamação da República Brasileira foi um golpe de Estado político-militar, ocorrido em 15 de novembro de 1889, que instaurou a forma republicana presidencialista de governo no Brasil, encerrando a monarquia constitucional parlamentarista do Império e, por conseguinte, destituindo o então chefe de estado, imperador D. Pedro II, que em seguida recebeu ordens de partir para o exílio na Europa.

Referente a INDEPENDÊNCIA DO BRASIL, tem-se que 1820, uma revolução liberal eclodiu em Portugal e a família real foi forçada a retornar para Lisboa. Antes de sair, no entanto, D. João nomeia o seu filho mais velho, D. Pedro de Alcântara de Bragança, como Príncipe Regente do Brasil (1821). Fiel ao seu pai, o príncipe-regente vê sua condição complicada pela vontade política das cortes portuguesas em repatriá-lo e de retornar o Brasil ao seu antigo estatuto colonial. 

OFICIALMENTE, A DATA COMEMORADA PARA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL É A DE 7 DE SETEMBRO DE 1822, EM QUE OCORREU O CHAMADO GRITO DO IPIRANGA, ÀS MARGENS DO RIACHO IPIRANGA (ATUAL CIDADE DE SÃO PAULO). Em 12 de outubro de 1822, o príncipe foi proclamado imperador pelo nome de Pedro I e o país leva o nome de Império do Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÉDICOS CUBANOS GANHAM DESPEDIDA, NA SEDE DA UESCC, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE