ABAP-PE empossa nova diretoria e apresenta Compliance





Nova diretoria da ABAP (Associação Brasileira de Agências de Publicidade) de Pernambuco toma posse no próximo dia 30, às 9h, na sede do Tribunal de Contas do estado. O evento marcará também o lançamento das diretrizes nacionais de Compliance da entidade. Essa será a primeira vez que a entidade terá uma diretoria toda composta por mulheres. Ao lado da presidente, Marcela Neves de Andrade (Marta Lima Comunicação), estão Anamaria Maçães Molinaro (BG9) e Juliana Barbosa Queiroz (Ampla), respectivamente diretora de relações interassociativas e diretora administrativa financeira. A diretoria eleita para o Biênio 2019-2021 assume com o firme compromisso de trabalhar em sintonia com a diretoria nacional na defesa e valorização da atividade publicitária.

“Estamos muito felizes de poder juntar esses dois momentos. Estamos apresentando as ‘Diretrizes de Compliance’ e a escolha do local, o TCE-PE, veio muito em virtude disso. Da preocupação de ter, ao nosso lado, uma entidade que trabalha pela ética e seriedade nas contas públicas”, explicou a nova presidente, Marcela Andrade.

Na visão da entidade, entre os mais importantes objetivos estão a contribuição com o funcionamento mais eficiente e profissional das agências de propaganda, proteção das empresas do mercado contra irregularidades, além do fortalecimento da reputação do segmento por meio das melhores práticas de governança. O lançamento contará com a presença do Dr. Carlos Neves, Conselheiro do TCE/PE; Adriana Machado, presidente da ABAP-MG; Otávio Venturini, Chief Compliance Officer da Nova/SB; e Renato Cirne, Chief Compliance Officer da FSB Comunicação.

“As ‘Diretrizes de Compliance’ elaboradas pela ABAP representam um guia seguro, com princípios e recomendações desenvolvidas especificamente para empresas e profissionais do nosso setor que pretendam iniciar a implementação ou aprimorar seus programas de Compliance. Um passo fundamental do mercado publicitário em direção à promoção e consolidação da cultura de Compliance, para o qual nós da Nova/SB nos orgulhamos muito de ter contribuído”, conta Otávio Venturini.

O palestrante convidado Renato Cirne também explica: "É praticamente um pré-requisito: toda regra para ser cumprida precisa ser conhecida. Por esse motivo, ações como estas da ABAP são tão relevantes. A disseminação constante dos princípios de Compliance de uma empresa - ou de uma associação - para todos os seus públicos de interesse, permite alinhamento dentro e fora da companhia. Pesquisas e até mesmo a comparação do valor de mercado de empresas listadas em bolsa, antes e depois de crises, por exemplo, comprovam que a comunicação alavanca, e muito, os resultados dos programas de Compliance".

“Embora ainda falemos da importância das organizações buscarem ser transparentes, o fato é que já somos. Desde que todas as pessoas passaram a ser produtoras e distribuidoras de informação, as práticas e condutas das empresas e instituições estão visíveis para todo mundo. Me parece que o desafio maior atualmente é sermos coerentes e consistentes entre o que nos pedem as leis e regras do mercado e o que efetivamente praticamos dentro de cada organização. As ‘Diretrizes de Compliance’ da ABAP nos permitem avançar neste caminho com muito mais clareza, rapidez e efetividade”, complementa a presidente da ABAP-MG, Adriana Machado.

Além dessas boas práticas, entre as pautas prioritárias, estão debates como transformação digital, modelos de concorrência e remuneração, atuação de plataformas digitais e a defesa do modelo brasileiro de publicidade – reconhecido como referência no mundo -, entre outros pontos. Segundo estudo da Deloitte, a cada real investido em publicidade são gerados mais de 10 reais no PIB brasileiro. O Brasil hoje é o 6º maior mercado de publicidade do mundo, sendo responsável pela geração de 56 mil empregos diretos e quase 500 mil indiretos.

“Estamos numa fase importante e delicada para o setor de comunicação, o que torna ainda mais relevante, para mim, a participação nas ações da ABAP, que sempre esteve à frente nos momentos decisivos do nosso negócio. Espero trazer para as agências pernambucanas informações, experiências e aprendizados que certamente serão valiosos para vencer os desafios atuais. Quero também contribuir, no que estiver ao meu alcance, para a luta da nossa associação”, afirma Marcela.

Diretoria nacional - A nova diretoria nacional da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (ABAP) tem participação recorde de mulheres. Eleita para o Biênio 2019-2021, ela é formada pelos executivos Mario D'Andrea (reeleito presidente); Eduardo Simon, Maria Laura Nicotero e Marcos Quintela (vice-presidentes); e Marcio Santoro, Miriam Shirley, Marcio Toscani, Marcia Esteves, Severino Cavalcante Queiroz Filho e Iara Silva Diniz (diretores).

Segundo Mario D’Andrea, “a entidade tem que refletir as preocupações reais do mercado e discutir cada uma delas. A chegada de novas diretoras é reflexo da preocupação da ABAP em contar com diferentes pontos de vista, novas opiniões e enriquecer o debate”. Além da participação na diretoria nacional, três regionais da ABAP são presididas por mulheres: Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e, pela primeira vez na história, Pernambuco.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÉDICOS CUBANOS GANHAM DESPEDIDA, NA SEDE DA UESCC, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE