Carlinhos da Cohab: "Eu tenho certeza que os onze vereadores que fazem parte da oposição, botando até Capilé, vão estar no palanque de Fernando Aragão"

O Vereador Carlinhos da Cohab, em entrevista nesta segunda-feira (29) ao comunicador Marcondes Moreno, fez um balanço da conjuntura política na 
Capital da Moda

MARCONDES MORENO, JOAB GOMES E CARLINHOS DA COHAB

Carlinhos defende a pré-candidatura de Fernando Aragão a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe e em recente pesquisa ele aparece em primeiro lugar, para vice, nas intenções de votos para compor a chapa do grupo taboquinha.

Quando o assunto é a gestão Edson Vieira ele solta o verbo e classifica como um desastre administrativo e diz mais: "é o governo mais corrupto instalado em Santa Cruz do Capibaribe" e acrescenta que o prefeito tudo fará para tentar fazer o sucessor, mas "não terá êxito pela forma que administra o município, sem qualquer compromisso com a população".

Questionado sobre os apoios à pré-candidatura de Fernando ele foi enfático: "Quanto às declarações de apoio a Fernando Aragão é uma questão de tempo. Eu tenho certeza que os onze vereadores que fazem parte da oposição, botando até Capilé, vão estar no palanque de Fernando Aragão e os suplentes também, começando com Vando da Sertec e vários outros. Em todas as eleições tem discussões, tem divergências, até no grupo Boca Preta que tem Edson Vieira que bate na mesa e diz que o candidato tem que ser fulano tem quem não aceite".

Marcondes falou sobre a hipótese de não ser Fernando o escolhido do grupo, eis a resposta de Carlinhos: "Todo mundo está vendo que é suicídio tirar uma candidatura posta pelo povo, uma candidatura feita, uma candidatura que vai ganhar as eleições. Eu acho que isso não vai acontecer. Tinha que ter um motivo muito forte. Para retirar essa candidatura de Fernando tinha que aparecer outra com muito mais potencial de ganhar a eleição".

Quanto a ingerência do governo do estado na questão da escolha do candidato do grupo ele falou: "O Palácio tem interesse em ganhar a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, o que o governo do estado não pode ter é um prefeito covarde como foi Edson Vieira, que escondeu as obras feitas aqui".

Marcondes fala da possibilidade de uma candidatura do Deputado Diogo Moraes para disputar a prefeitura em 2020, Carlinhos retruca: "Qual o nome que hoje é melhor do que o de Fernando Aragão para Santa Cruz do Capibaribe? O que desabona Fernando para não ser o candidato? Querem mais história de trabalho em Santa Cruz do Capibaribe do que a história de Fernando Aragão? Fernando trabalhou junto com Zé Augusto, junto com nosso grupo político por nosso município. Toda obra daqui , que foi feita pelos Taboquinhas tem aquela pessoa simples, tem aquela pessoa que trabalhou, que foi Fernando Aragão. Quando Zé Augusto diz eu consegui a subestação, foi junto com Fernando Aragão. Quando Zé fala do Moda Center, que ele construiu, teve que ter o vereador lá na base de sustentação para dar a condição e esse foi Fernando Aragão. Toda obra que foi feita aqui em Santa Cruz do Capibaribe, até na gestão de Toinho do Pará, na gestão Edson Vieira, na gestão de Zé Augusto teve a mão de Fernando Aragão".

E continua: "Eu tenho o maior respeito por Natálio e Alberes Xavier, mas eles andam todos os dias colocando no programa da Rádio Vale que o palácio do Campo da Princesas mandou fazer isso e aquilo, que fulano disse isso e aquilo, mas não mostram as fontes. A questão de Natálio ter dito que Diogo disse a ele que era candidato eu acho, para não falar de uma falta de verdade nisso, eu pergunto. Como é que Diogo diz a Natálio Arruda que é candidato e não chega para Joab aqui e diz isso? Como é que Diogo diz a Natálio e não disse a mim, não falou com Ernesto e principalmente Diogo não falou isso a Fernando, que eu acho que era a primeira pessoa a saber disso. Mas não teve essa conversa. Caso Diogo diga que é candidato ele vai ter que mostrar uma situação em que ele demonstre uma melhor condição de ser eleito do que Fernando Aragão. E eu não acredito nisso. Vocês se lembram como foi o desastre quando Zé Augusto saiu de deputado federal para ser candidato a prefeito. As pessoas interpretaram errado e Edson ganhou as eleições. A gente deixou de ter um deputado como Zé Augusto, que foi um deputado atuante, isso é inegável. Nós agora temos um deputado atuante, que é Diogo Moraes, que tem as digitais em todas essas obras feitas nos últimos anos aqui e não vamos cometer isso".

Acesse a entrevista na íntegra clicando abaixo:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara