Palavras que edificam


Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. I João 1:7


Uma das mais sublimes ações de alguém como membro do corpo de Cristo é a sua comunhão com seu próximo. Jesus afirmou: Vós sereis meus discípulos se fizerdes o que eu vos mando e isto é o que vos mando: que vos ameis uns aos outros.
Amar uns aos outros é dever de todo cristão e manter a comunhão com os membros do corpo de Cristo (igreja) é primordial para termos os nossos erros perdoados ou seja  sermos purificados os nossos pecados.
Bem verdade que devemos amar a qualquer um indiscutivelmente, porém a comunhão deve ser mantida com os que professam a mesma fé que professamos.
A diferença está no fato de que ao amarmos dispensamos o mais sublime afeto que alguém pode sentir por outrem, mas na comunhão a gente passa a compartilhar das mesmas ações ou afirmativas que o outro faz ou professa.
Manter a comunhão com os irmãos nos prova que estamos na luz assim como o Senhor Jesus nela está, e quem está na luz já não anda mais em trevas.
Evang. Dário Gomes de Araujo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara