Polícia diz que vai indiciar marido por morte de Carol Bittencourt

De acordo com a Polícia Civil, Jorge Sestini assumiu o risco porque aceitou embarcar mesmo sabendo dos perigos do mau tempo

Kaique Dalapola, do R7

Caroline Bittencourt foi encontrada em São Sebastião (SP)

A Polícia Civil de São Paulo deve indiciar o empresário Jorge Sestini pela morte de sua mulher, a modelo Caroline Bittencourt, no dia 29 de abril, em Ilhabela (litoral norte de São Paulo), após uma tempestade atingir a embarcação e jogá-la ao mar.

Sestini deve responder por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). De acordo com as investigações da Polícia Civil, o empresário assumiu o risco ao aceitar embarcar mesmo após os responsáveis pelo barco dizer sobre os perigos do mau tempo.

Ainda de acordo com o registro da Polícia Civil, o empresário foi expressamente advertido sobre o risco de tempestade e embarcou, juntamente com a modelo, sem providenciar os coletes salva-vidas para Caroline.

A informação foi dada no Cidade Alerta, da Record TV.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara