Prefeito Lero, de Taquaritinga do Norte, participou da Marcha dos Prefeitos nessa terça-feira em Brasília DF


O prefeito de Taquaritinga do Norte Ivanildo Lero (PR) cumpriu agenda nessa terça-feria (09) em Brasília-DF

O prefeito participa da XXII Marcha dos Prefeitos com mais de cinco mil prefeitos de todo o Brasil.

O evento acontece desde 1998 e é o maior evento político do Brasil. Durante a Marcha além das palestras os gestores podem acompanhar toda uma programação e debates nas áreas da administração pública. O evento, organizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) teve a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro que discursou na manhã desta terça-feria e do ministro Paulo Guedes que discursou no período da tarde. Senadores e governadores de vários estados do país também compareceram a Marcha. Junto com o prefeito Lero, o estado de Pernambuco foi representado por mais de 140 prefeitos e vários vereadores. 

A Marcha desse ano destaca as principais pautas municipalistas como mudanças no Pacto Federativo e reajustes em programas federais, principalmente em áreas prioritárias dos governos municipais, como saúde, segurança, educação além da reforma da previdência. “Taquaritinga do Norte é destaque no Pólo de Confecções em áreas como educação e saúde. Por isso, é importante a presença institucional da prefeitura em um ato como esse, que defende os interesses dos municípios brasileiros. A nossa luta é para que mais recursos cheguem em Taquaritinga do Norte que hoje fica com as principais obrigações e com cada vez menos recursos, a Marcha é um espaço diferenciado onde podemos encontrar e debater com movimentos para juntar forças em defesa dos municípios”, destacou o prefeito Lero.



Durante os quatro dias da Marcha, os prefeitos debatem os desafios comuns dos Municípios para juntos acharem mecanismos que assegurem o aumento do repasse por parte do Governo Federal.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE