Colunista do Globo soube da morte de Arthur antes da família

Pragmatismo Político

Colunista do jornal O Globo soube da morte do neto de Lula antes de familiares. Assim como aconteceu na morte de Dona Marisa, quando médicos e funcionários do Sírio vazaram inclusive imagens de exames realizados na ex-primeira dama, dessa vez é possível que tenham feito o mesmo com a morte de uma criança de 7 anos

lula morte de arthur
Lula e Arthur (reprodução/facebook)

Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, morreu no início da tarde desta sexta-feira.

O Hospital Bartira, do grupo D’Or, em Santo André (SP), informou que a criança foi diagnosticada com meningite meningocócica e não resistiu, devido ao agravamento do quadro infeccioso.

Arthur era filho Marlene Araújo Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva, filho da ex-primeira-dama Marisa Letícia (que faleceu em fevereiro de 2017) e do ex-presidente Lula, preso desde abril de 2018 na carceragem da sede da Polícia Federal em Curitiba (PR).
A meningite meningocócica é uma infecção causada pela bactéria Neisseria meningitidis. Esta bactéria pode causar inflamação nas membranas que revestem o sistema nervoso central e infecção generalizada.
A defesa do ex-presidente pediu que a Justiça autorize a saída dele para o enterro do neto. O pedido foi protocolado na 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba. Especialistas em Direito Constitucional e Penal afirmam que o ex-presidente tem direito de sair da prisão para se despedir do neto.

O Globo

O jornalista Renato Rovai escreveu, em seu blog, que o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, soube da morte de Arthur antes mesmo de alguns familiares.
“Os [familiares] que não estavam no hospital souberam da morte de Arthur a partir do vazamento da notícia, quase que certamente, por parte de algum médico ou funcionário do grupo D´Or”, publicou Rovai.
Confira trechos da publicação:
Uma morte é sempre um pouco uma tragédia em nossa sociedade. Não somos preparados para lidar com ela. A morte de uma criança nessas condições é algo dilacerante.
O menino Arthur morreu às 12h11. Seus familiares mais próximos eram os que estava no hospital e ficaram sabendo praticamente ao mesmo tempo que o jornalista de O Globo, Ancelmo Góis, que postou a nota informando do acontecido às 12h20. Ou seja, o jornalista apurou e escreveu a nota em nove minutos.
Os familiares que não estavam no hospital souberam da morte de Arthur a partir do vazamento da notícia, quase que certamente, por parte de algum médico ou funcionário do grupo D´Or.
A mesma coisa ocorreu com Dona Marisa. Médicos e funcionários do Sírio Libanês vazaram inclusive imagens de exames realizados na paciente. Tudo porque ela era esposa de Lula. Agora fizeram o mesmo com a morte de uma criança de sete anos.
Isso não tem nada a ver com a notícia, mas faz parte da tragédia. Quando em audiência Lula pediu a Moro que devolvesse ao menos o Ipad do seu neto que tinha sido apreendido pela Polícia Federal, era o Ipad de Arthur.
Siga-nos no Instagram | Twitter | Facebook

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara