Renan anuncia retirada de candidatura à Presidência do Senado

Senador criticou processo de votação

O Globo

BRASÍLIA — O senador Renan Calheiros (MDB-AL) criticou o processo de votação para a escolha do presidente do Senado e anunciou a retirada de sua candidatura. De acordo com ele, seu principal adversário, Davi Alcolumbre (DEM-AP) "já é" o novo presidente.

Com isso, restam cinco candidatos: além de Davi, também concorrem Fernando Collor (PROS-AL), José Reguffe (Sem partido-DF), Ângelo Coronel (PSD-BA) e Esperidião Amin (PP-SC).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE