Renan anuncia retirada de candidatura à Presidência do Senado

Senador criticou processo de votação

O Globo

BRASÍLIA — O senador Renan Calheiros (MDB-AL) criticou o processo de votação para a escolha do presidente do Senado e anunciou a retirada de sua candidatura. De acordo com ele, seu principal adversário, Davi Alcolumbre (DEM-AP) "já é" o novo presidente.

Com isso, restam cinco candidatos: além de Davi, também concorrem Fernando Collor (PROS-AL), José Reguffe (Sem partido-DF), Ângelo Coronel (PSD-BA) e Esperidião Amin (PP-SC).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara