Apoio a Maia evita 'aventura' de ter um 'presidente autoritário', diz Luciana Santos

Por: Juliano Muta
Do Blog da Folha

A vice-governadora de Pernambuco e presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos 
defende a recondução de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara
Foto: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

A vice-governadora de Pernambuco e presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, tem sido uma defensora do apoio a recondução de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na presidência da Câmara dos Deputados, não só no próprio partido, que recentemente declarou apoio ao democrata, como também no bloco formado por PCdoB, PSB e PDT, que ainda não se afinou. Luciana participou de um almoço com parlamentares e lideranças políticas em torno de Rodrigo Maia, nesta quinta (17), no bairro do Pina.

Segundo ela, a bancada do PCdoB se reuniu esta semana com os presidentes dos três partidos do bloco, Carlos Siqueira (PSB), Carlos Lupi (PP) e ela própria, para iniciar a discussão conjunta sobre o processo eleitoral na Câmara Federal. Ela adiantou que haverá uma reunião com a executiva nacional, instância que pode consolidar o apoio a Maia, no dia 30 desse mês. 

"Aqui nós tivemos a chance de ver uma mesa com todos os partidos que compõem a bancada aqui do Estado de Pernambuco, que revela o que eu acho que deve ser o sentido de ser da Câmara dos Deputados. Rodrigo foi e precisa continuar sendo um presidente que defende a autonomia do Poder Legislativo, que respeita o regimento e que, portanto, possibilita a atuação das bancadas, independente das suas convicções", disse Luciana. 

A vice-governadora destacou a importância do gesto de Paulo Câmara de receber Rodrigo Maia no Palácio e explicou as razões que fizeram o seu partido apoiarem Maia. "De nossa parte do PCdoB, embora nós tenhamos divergência programáticas com Rodrigo Maia, nós temos uma relação com ele desde o tempo em que Aldo Rebelo, que foi presidente da Câmara, com apoio de Rodrigo Maia. O que prevalece é a questão democrática e o respeito às diferenças e para nós nesse momento é necessário que esse espaço democrático exista até para o exercício da oposição e da resistência ao Governo Federal", frisou.

E essas divergências já estão sendo notadas dentro do PCdoB. Apesar da legenda já ter anunciado apoio a Maia, ainda não há consenso. Esta semana, a deputada estadual e candidata a vice-presidente Manuela D'ávila publicou uma opinião divergente da decisão da sigla. "Para mim, o passo inicial seria termos uma posição conjunta, dos cinco partidos de nosso campo, para que juntos buscássemos construir uma candidatura comprometida com a democracia, mesmo que essa não fosse de nossos partidos, já que tal eleição não é terceiro turno presidencial. Não foi o que aconteceu: os partidos seguiram diversos caminhos. Lamentavelmente”, afirmou Manuela.

“Como todos sabem, defendo desde antes da eleição a unidade de todo nosso campo político, razão que resultou, inclusive, na retirada de minha pré-candidatura à Presidência da República. Para mim, demarcações e divisões entre partidos de oposição a Bolsonaro de nada servem ao Brasil e às duras batalhas que teremos pela frente, não estamos numa batalha contra ou a favor de nenhum partido de esquerda mas em defesa da permanência da democracia”, postou D'ávila em sua página no Facebook.

Entre os comunistas, o apoio ao democrata vem sendo intermediado pelo deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), amigo do presidente da Câmara e pela própria Luciana Santos, que preside a legenda.

Maia em Pernambuco - "Ele é sempre muito bem vindo, sempre teve uma excelente relação com o governador Paulo Câmara e aqui o objetivo foi reunir a bancada de Pernambuco, independente de partido. precisamos ter uma certeza de que não vamos para uma aventura e para a possibilidade de um presidente autoritário, para que o funcionamento democrático da casa seja respeitado.

Luciana pediu que as conversas entre PCdoB, PSB e PDT avancem no sentido da coesão e disse aguardar surpresas até o dia da eleição. "As eleições da câmara sempre são assim, muita coisa muda até lá", previu.

*Com informações de Luiza Alencar, da editoria de Política.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Imagens fortes. Jovem espanca e mata amante do pai no meio da rua