População de Caruaru vai às ruas confirmar voto em Paulo e Haddad

Neste sábado, os candidatos comandaram uma grande carreata de 13 quilômetros pelos principais bairros do município


CARUARU - Depois de comandar a maior caminhada feita no Centro do Recife, o governador e candidato à reeleição Paulo Câmara (PSB) e o futuro presidente Fernando Haddad (PT) levaram a força da Frente Popular de Pernambuco ao município de Caruaru, no Agreste. Assim como na capital pernambucana, milhares de pessoas foram às ruas para acompanhar a carreata e também saíram de suas casas para declarar apoio ao projeto político que vai fazer o Brasil voltar a ser feliz e manter Pernambuco no caminho do avanço.
Além de Paulo e Haddad, acompanharam a agenda a candidata a vice-governadora Luciana Santos (PCdoB), o senador Humberto Costa (PT) e postulantes proporcionais.  A carreata de 13 quilômetro saiu da Avenida Rui Barbosa e passou pelos bairros Nossa Senhora das Dores, Salgado, Riachão, Indianópolis, Santa Rosa, Vassoural, Petrópolis, Kennedy, Maria Auxiliadora, João Mota e Divinópolis, pintando as ruas de amarelo e vermelho.
Em todo o trajeto, Paulo e Haddad sentiram o carinho e reconhecimento da população, que fazia questão de, através de gestos com as mãos, confirmar o voto no 40 e no 13, além do tradicional Lula livre. Durante o percurso, as frases mais ouvidas foram “É Paulo de novo, governador do povo” e “Lula é Haddad, Haddad é Paulo e Paulo é Lula”.
A costureira Elianeide da Silva , de 37 anos, moradora de Caruaru, fez questão de participar de toda a carreata em apoio ao projeto da Frente Popular. “Paulo fez muito pela classe pobre de Pernambuco. Ele melhorou a saúde, a segurança e a educação. Valeu a pena esperar para ver os dois. E Haddad vai ser meu presidente. Ele é o candidato de Lula, que foi o pai dos pobres, que deu saúde, educação e o Minha casa, minha vida. No dia 07 de outubro só vai dar 13 e 40 na cabeça!”, cravou.
Normandia
Antes da carreata, Paulo e Haddad visitaram a Fazenda Normandia, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), onde acompanharam o processo de produção realizado no assentamento, que atende a demanda de escolas em 16 municípios pernambucanos. No local, Haddad pode conhecer como se dá a higienização e o empacotamento à vácuo dos produtos. Há cerca de duas semanas, Paulo recebeu apoio do MST à sua reeleição.

FOTO: Andréa Rêgo Barros/PSB

Postagens mais visitadas deste blog

ZÉ ELIAS CONCEDE ENTREVISTA E FALA SOBRE O MOMENTO DIFÍCIL QUE ESTÁ PASSANDO

EDILSON TAVARES, UM OUTSIDER QUE DEU CERTO