Câmara de Vereadores segue discutindo regulamentação de bairros ainda não oficializados em Santa Cruz do Capibaribe


A Comissão Temporária dos Bairros em Santa Cruz do Capibaribe segue trabalhando na Casa José Vieira de Araújo, discutindo problemáticas e soluções para questões que envolvem a regulamentação dos bairros na cidade. Na última quinta-feira (26), vereadores, representantes dos Correios, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Prefeitura Municipal se reuniram para dar continuidade aos trabalhos da comissão.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Gilson Julião, os representantes do setor de Cadastro Imobiliário da Prefeitura Municipal, Rodrigo Macio e Ricardo Henrique, e o representantes dos Correios, Marcos Cavalcanti, além dos vereadores, Zé Minhoca (PSDB) e Capilé da Palestina (Podemos) debateram sobre problemáticas envolvendo a regulamentação de bairros na cidade.

Nas discussões e estudos que vem sendo desenvolvidos pela comissão, tem se constatado que muitas localidades reconhecidas como bairros pela população santa-cruzense, na verdade, nunca foram oficializadas com status de bairros em forma de lei. Tal situação tem trazido transtornos à população e aos órgãos oficiais, já que tem gerado conflitos de informações quanto aos endereços na cidade. 

Diante de tal problemática, têm sido discutidas formas de regularizar os bairros. "Fomos surpreendidos com a informação de que em uma cidade deste tamanho, oficialmente só existem nove bairros cadastrados. É inadmissível uma cidade do porte de Santa Cruz ter essa distorção em relação a outras cidades, então tivemos essa sensibilidade e ideia para instituir essa comissão", destacou o presidente da Casa, Zé Minhoca, autor da proposição que deu fruto a Comissão dos Bairros.

Muitas localidades reconhecidas como bairros pela população na verdade nunca foram oficializadas. "Se não existe, cabe a Câmara, com responsabilidade, fazer essa correção. Essa comissão foi criada para corrigir essa distorção. Não vamos inventar, vamos aproveitar o que o povo criou, nós vamos apenas referendar", declarou o presidente.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Gilson Julião, falou sobre os próximos passos da comissão. "Ficou definido que faremos um levantamento, para trazermos uma proposta de regulamentação e, futuramente, quando definido pela comissão, transformar em uma lei, para que seja o marco da regulamentação dos bairros de Santa Cruz do Capibaribe. Esse problema não é de hoje, Santa Cruz é uma cidade grande, que nunca parou para discutir sobre isso e acho que esse momento é oportuno", declarou.

Como vereador solicitante, Zé Minhoca é o presidente da Comissão, que conta ainda com os vereadores Irmão Val (SD), Carlinhos da Cohab (PTB) e Capilé da Palestina (Podemos) como membros. O próximo encontro da comissão ficou definido para o dia 14 de agosto, onde devem ser convidados também representantes da Compesa, Celpe, Agentes de Saúde e Endemias, além de empresários da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bolsonaro tem 59% dos votos válidos contra 41% de Haddad, diz Datafolha

O capitão reformado e o ex-prefeito de SP oscilaram um ponto percentual em relação à pesquisa da última semana Por Clara Cerioni EXAM...

POSTAGENS MAIS ACESSADAS