Oséas Moraes: "Essa eleição de 18 vai ser o retrato do que será construído para 20"


Oséas Moraes tem na sua biografia a demonstração de que em vários momentos da história de Santa Cruz do Capibaribe e da região do Polo de Confecções sua participação é de indiscutível importância. Desde a sua participação nas campanhas de Severino Monteiro, passando por sua candidatura (tendo Zinha Vieira como vice) a prefeito em 1988, pela sua eleição para deputado estadual em 1990 e reeleição em 1994 e depois, em 2010, apoiando seu filho Diogo Moraes, que foi eleito para a ALEPE e reeleito em 2014.  

Uma trajetória marcada por um discurso forte, que não deixa dúvidas quanto ao seu posicionamento. Oséas defende com unhas e dentes o legado de Miguel Arraes e de Eduardo Campos, com quem teve uma relação além da política partidária.

Oséas é o principal articulador do staff do deputado Diogo Moraes, que no momento trabalha para mais uma vez ser conduzido à Assembleia Legislativa de Pernambuco. Diogo é o atual primeiro secretário da ALEPE e não esconde de ninguém seu desejo de ser o presidente daquela Casa.

Na última segunda-feira (19) o ex-deputado participou de atos de assinatura de serviços e da inauguração da Creche Municipal do distrito de Pão de Açúcar, município de Taquaritinga do Norte e falou com nossa reportagem, traduzindo seu sentimento quanto a candidatura de Paulo Câmara ao governo do estado e também das articulações em torno do nome de seu filho Diogo Moraes rumo a renovação de seu mandato.

"Eu vejo a cada dia melhorando mais, eu disse desde o começo que vejo Paulo com uma reeleição quase que garantida por tudo que ele tem feito pelo Estado, como ele está administrando Pernambuco, com uma responsabilidade muito grande e trabalhando da forma possível, por que nós estamos atravessando uma crise hoje nacional, mas ele como um técnico político, que aprendeu muito bem fazer política foi a salvação, foi o bem de Pernambuco, a gente conseguiu uma pessoa como ele para administrar tão bem e com tanto cuidado e a gente fica feliz com isso', disse Oséas.

Quanto aos adversários, Oséas foi contundente: "Cada um faz a política como acha que deve ser feita. Eu já vi esse grupo se formar a um tempo atrás e não foi para canto nenhum e naquela época tinha lideranças mais fortes como Roberto Magalhães, Luiz Piauhylino e já se formaram, já fizeram essa frente aí e não deu em nada. Eu acho que essa crítica por crítica, essa oposição por oposição não leva a nada. Eu confio muito no que Paulo está fazendo, fazendo política e administrando bem o estado. Juntar-se para estar fazendo entrega de obras, assinando documento também porque está deixando ministério, juntando pessoal para fazer oposição por oposição isso não vai dar em nada. Eu não confio nessa oposição que se forma, pois tem muito cacique para pouco índio. A gente vê muita gente querendo defender o seu, mas até agora não sabe quem vai ser candidato... Eu não vejo chapa hoje formada, na oposição, para vim fazer uma campanha e a gente perder não. Eu vejo que as coisas andam para que Paulo Câmara tenha mais quatro anos à frente dos destinos de Pernambuco".

Sobre o trabalho de Diogo Moraes ele diz: "O político tem que ser isso. Com a quantidade de recursos que tem ele tem que trabalhar e dividir onde ele tem votos, onde tem o povo que lhe dá sustentação e que lhe elege. Esse povo que elege o deputado, o prefeito, o governador e vereadores. Eu acho que tem fazer isso. Vim na rua que vai ser calçada, trazer a emenda, inaugurar creche, ficar junto ao prefeito, trazer água, fazer escolas, estradas, enfim tudo o que um político pode trazer para sua cidade, para sua região, deve ser feito. Isso Diogo tem feito. Diogo tem sido sempre presente. Diogo sempre está junto com os prefeitos, junto daqueles que procuraram ser ajudados. E sempre que foi procurado ajudou. Agora vamos pra frente. Quem estiver com Diogo em 2018, como Diogo falou esta semana em entrevistas, também estaremos com eles em 2020. Essa eleição de 18 vai ser o retrato do que será construído para 20, por que quem estiver perto da gente, quem estiver junto, quem estiver fazendo a política do lado do governador Paulo Câmara estará com a gente e vai ter nosso apoio em 2020 com certeza".

Postagens mais visitadas deste blog

ZÉ ELIAS CONCEDE ENTREVISTA E FALA SOBRE O MOMENTO DIFÍCIL QUE ESTÁ PASSANDO

EDILSON TAVARES, UM OUTSIDER QUE DEU CERTO