CLEITON BARBOZA ESTÁ FAZENDO A ESCOLHA CERTA

Cleiton Barboza, 34, foi candidato a prefeito pelo Partido Verde no ano de 2012, em Santa Cruz do Capibaribe e obteve 988 votos. Naquele pleito Edson Vieira recebeu 23.460 votos e foi eleito prefeito da Capital da Moda. Zé Augusto Maia foi o segundo colocado e obteve 20.558 sufrágios.

Naquela eleição o então candidato Cleiton Barboza foi contundente nas suas críticas quanto a polarização entre os dois grupos políticos (Bocas Pretas X Taboquinhas), que disputa após disputa dividem a maioria dos votos na Terra das Gameleiras. Cleiton participou de debates e mostrou-se preparado, inclusive isso foi divulgado pela imprensa local, qualificando-o como um candidato com alto potencial.

Todo este potencial não foi traduzido em votos, mas deu a Cleiton visibilidade necessária para que despertasse o interesse de lideranças políticas, entre elas Zé Augusto Maia, que chegou a anunciar que Cleiton seria o candidato a prefeito do grupo Taboquinha na eleição de 2016.

Nas eleições de 2016 quem disputou a cabeça da chapa pelo grupo Taboquinha foi Fernando Aragão tendo Cleiton como seu vice. Uma disputa onde o prefeito Edson Vieira venceu a eleição com uma diferença de 914 votos, muito apertada por sinal.

Cleiton Barboza está determinado a trilhar novos caminhos, pois não gostou da experiência em se juntar ao grupo liderado por Zé Augusto. Ele não vai para o grupo liderado por Edson Vieira.

Cleiton quer voltar no tempo e refazer o caminho trilhado em 2012. Agora ele tem mais experiência e sabe que sua trajetória pode ter outro desfecho. O exemplo pode ser visto bem perto, haja vista o que aconteceu na cidade de Toritama, onde Edilson Tavares conseguiu um grande feito, elegendo-se prefeito sem o apoio de nenhum dos grupos políticos que dominavam a Capital do Jeans.

Cabe a Cleiton uma difícil missão, difícil, mas não impossível e ele reúne vários adjetivos que fazem a diferença e que podem mudar essa realidade vivida em Santa Cruz do Capibaribe. Basta traçar os objetivos e segui-los à risca.

Muitos eleitores estão atentos e querem que novos nomes disputem as eleições e realmente lutem pelas  mudanças e as novas formas de fazer política no município. A pluralidade de candidaturas caracteriza tais mudanças. A polarização já não é tão bem vista pela população e Cleiton sabe disso como ninguém.

2020 ainda está distante, muitas coisas irão acontecer, mas para quem tem visão de futuro o trabalho deve começar o mais breve possível.

Reconheço que Cleiton está fazendo a escolha certa. Boa sorte para ele.

Por Jairo Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE