CLEITON BARBOZA ESTÁ FAZENDO A ESCOLHA CERTA

Cleiton Barboza, 34, foi candidato a prefeito pelo Partido Verde no ano de 2012, em Santa Cruz do Capibaribe e obteve 988 votos. Naquele pleito Edson Vieira recebeu 23.460 votos e foi eleito prefeito da Capital da Moda. Zé Augusto Maia foi o segundo colocado e obteve 20.558 sufrágios.

Naquela eleição o então candidato Cleiton Barboza foi contundente nas suas críticas quanto a polarização entre os dois grupos políticos (Bocas Pretas X Taboquinhas), que disputa após disputa dividem a maioria dos votos na Terra das Gameleiras. Cleiton participou de debates e mostrou-se preparado, inclusive isso foi divulgado pela imprensa local, qualificando-o como um candidato com alto potencial.

Todo este potencial não foi traduzido em votos, mas deu a Cleiton visibilidade necessária para que despertasse o interesse de lideranças políticas, entre elas Zé Augusto Maia, que chegou a anunciar que Cleiton seria o candidato a prefeito do grupo Taboquinha na eleição de 2016.

Nas eleições de 2016 quem disputou a cabeça da chapa pelo grupo Taboquinha foi Fernando Aragão tendo Cleiton como seu vice. Uma disputa onde o prefeito Edson Vieira venceu a eleição com uma diferença de 914 votos, muito apertada por sinal.

Cleiton Barboza está determinado a trilhar novos caminhos, pois não gostou da experiência em se juntar ao grupo liderado por Zé Augusto. Ele não vai para o grupo liderado por Edson Vieira.

Cleiton quer voltar no tempo e refazer o caminho trilhado em 2012. Agora ele tem mais experiência e sabe que sua trajetória pode ter outro desfecho. O exemplo pode ser visto bem perto, haja vista o que aconteceu na cidade de Toritama, onde Edilson Tavares conseguiu um grande feito, elegendo-se prefeito sem o apoio de nenhum dos grupos políticos que dominavam a Capital do Jeans.

Cabe a Cleiton uma difícil missão, difícil, mas não impossível e ele reúne vários adjetivos que fazem a diferença e que podem mudar essa realidade vivida em Santa Cruz do Capibaribe. Basta traçar os objetivos e segui-los à risca.

Muitos eleitores estão atentos e querem que novos nomes disputem as eleições e realmente lutem pelas  mudanças e as novas formas de fazer política no município. A pluralidade de candidaturas caracteriza tais mudanças. A polarização já não é tão bem vista pela população e Cleiton sabe disso como ninguém.

2020 ainda está distante, muitas coisas irão acontecer, mas para quem tem visão de futuro o trabalho deve começar o mais breve possível.

Reconheço que Cleiton está fazendo a escolha certa. Boa sorte para ele.

Por Jairo Gomes

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CARLINHOS DA COHAB: MAIS ÁGUA PARA POÇO FUNDO E APOIO A DIOGO MORAES

PT estadual vota a favor da candidatura de Marília Arraes ao governo

Membros do PSD retornam ao grupo de situação em Santa Cruz do Capibaribe