PROJETO DE LEI POLÊMICO MARCA 2ª REUNIÃO DA CÂMARA DO BREJO DA MADRE DE DEUS

O Vereador Avecino Lima fazendo uso da Tribuna

A Câmara de Vereadores de Brejo da Madre de Deus, composta por 13 membros, presidida pelo Vereador Laelson do Sindicato, cumpre o calendário e nesta última terça-feira (16) realizou a sua segunda reunião ordinária do 1º período de 2018.

Na pauta Projetos de Lei do Poder Executivo e do Poder Legislativo, Requerimentos e Moção de Aplausos.

Membros do Grupo Escoteiro Águia Dourada acompanharam a reunião desta terça-feira (16)

Dentre os projetos do Poder Legislativo apresentados, podemos destacar o de número 004/2018, que dispõe sobre o programa "WI-FI na Praça" de autoria do Vereador Jobson Barros. O projeto seguiu para as comissões.

Vereador Robertinho Asfora
Quanto aos projetos do Poder Executivo o destaque foi para o de número 002/2018, que trata da reformulação do plano de cargos, carreiras e vencimentos dos profissionais da rede municipal de ensino. Este foi o ponto principal das discussões, pois foi levantada a hipótese, pelo Vereador Jobson Barros, o primeiro a usar a tribuna, para que fosse feita uma Audiência Pública, haja vista o teor do projeto, que mexe principalmente nos vencimentos dos servidores da educação. Na tarde de ontem (17)  uma reunião extraordinária foi realizada na Câmara e foi decidido que uma Audiência Pública será feita. A data escolhida foi 09 de fevereiro.

Os requerimento apresentados pelos vereadores tiveram seus teores girando em torno de solicitação de calçamento, terraplanagem, saneamento, combate às muriçocas e melhorias em escolas. O Vereador Júnior de Miguelão solicitou, através dos requerimentos 043 e 044/2018 que sejam incluídos intérpretes de Libras e Transcritor e Revisor de Braile, onde tenham estudantes com necessidades, nas Escolas Municipais.








Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Obras da PE-160 seguem em ritmo acelerado

CARLINHOS DA COHAB: "Sou um soldado do grupo e pronto para defender a candidatura de Zé e pedir voto pra ele"

Corpo de Guilherme Uchoa é velado na Assembleia Legislativa de PE

MORO DESOBEDECE TRF-4 E NÃO SOLTA LULA