ARMANDO E MARÍLIA: UMA CHAPA MUITO FORTE PARA 2018

"A história é um profeta com o olhar voltado para trás: 
pelo que foi, e contra o que foi, anuncia o que será“ 
(Eduardo Galeano)

Visitar a história é a forma de sabermos o que realmente aconteceu para que possamos nos aprofundar em assuntos, que muitas vezes havíamos esquecido e devem ser lembrados para que os escritos tenham a necessária e devida compreensão.

Embalados em acontecimentos passados podemos afirmar que o Senador Armando Monteiro é um defensor dos mais aguerridos dos governos Lula e Dilma, inclusive assumiu o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, no governo Dilma, e só se desligou da pasta para assumir seu mandato no Senado Federal e votar contra o impeachment da presidenta.

Antes de chegar ao Senado, Monteiro exerceu três mandatos como deputado federal, eleito pela primeira vez em 1998 pelo PMDB. Os dois mandatos seguintes, conquistados nas disputas eleitorais de 2002 e 2006, foram exercidos pelo PTB, partido ao qual o parlamentar se filiou em 2003.

Nas eleições de 2010, foi eleito senador em chapa liderada pelo então governador reeleito Eduardo Campos (PSB). Além disso, foi candidato a governador de Pernambuco nas eleições de 2014 pelo PTB, e ficou em segundo lugar na disputa, com 1.373.237 votos – o equivalente a 31,07%.

Administrador de empresas e advogado, Monteiro é empresário do setor industrial. Já presidiu a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Sesi e o Senai nacionais, entre 2002 e 2010. Dirigiu também o conselho de administração do Sebrae. (G1)

Currículo ele tem de sobra e sua capacidade de articulação e o trato polido com quem milita ao seu lado, ou mesmo com seus adversários políticos, é seu diferencial.

Na campanha de 2014, quando Armando concorreu ao governo do estado de Pernambuco, Marília Arraes declarou: "Armando Monteiro é preparado, tem competência, experiência e liderança".

Sobre Marília, Armando declarou: “Tenho um grande respeito pela candidatura da vereadora Marília Arraes. Acho que a presença dela nessa disputa é muito importante. Ela é combativa e tem condições de defender o seu projeto”.

Armando Monteiro e Marília Arraes despontam com Paulo Câmara, nas pesquisas eleitorais. Marília e Armando fazem oposição a Paulo Câmara. 

Formariam uma chapa competitiva e muito forte para 2018. Quem encabeçaria? Fica a pergunta no ar. Mas é um caso a se pensar. Muita gente está alerta quanto a isso. Marília e Armando tem muito mais pontos de convergência do que de divergências e isso conta muito nesse momento em que vivemos. 

Agora, até esta junção se tornar realidade ou mesmo não acontecer só o tempo dirá. Se acontecer entrará para a história, disso tenho certeza.

Por Jairo Gomes

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CARLINHOS DA COHAB: MAIS ÁGUA PARA POÇO FUNDO E APOIO A DIOGO MORAES

PT estadual vota a favor da candidatura de Marília Arraes ao governo

Membros do PSD retornam ao grupo de situação em Santa Cruz do Capibaribe