Fachin dá aval a Janot e nova denúncia deve sair até o dia 7

Ministro devolveu acordo de Funaro a Janot para ajuste. Crédito: Joédson Alves/EFE

Do Estadão



Mantido em sigilo, o conteúdo da delação estaciona Legislativo e Executivo, como ressalta João Domingos. Votações importantes serão interrompidas, ainda que o Congresso encerre nesta semana a série de votações sobre as mudanças nas metas fiscais.

Poucas resoluções após um ano de impeachment. Em entrevista ao Estadão, Janaina Paschoal, autora do pedido de afastamento de Dilma Rousseff, diz que tem 'sentimento de ter cumprido uma missão', embora afirme que Temer 'perdeu a oportunidade de ser um estadista'.

E o PT, que tenta se levantar para 2018, vê problema na ex-presidente. Apesar de uma candidatura ao Senado ou à Câmara ser cogitada, a sigla não estaria sabendo muito bem o que fazer com a petista, associada por algumas alas como responsável pela crise política.

E, nesta madrugada, o governo sofreu mais uma derrota: o Congresso aprovou o texto-base, mas deixou para setembro a revisão da meta fiscal.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE

MENDONÇA FILHO VOLTA A SER ESCRACHADO: ‘XÔ, GOLPISTA’

VEREADORES MARLOS MELO E DEOMEDES BRITO ANUNCIAM APOIO À PRÉ CANDIDATURA DO DEPUTADO DIOGO MORAES

Recorde de frio põe Taquaritinga do Norte entre as 20 cidades mais frias do Norte/ Nordeste neste domingo, 20 de maio

Centro de Santa Cruz do Capibaribe recebe pavimentação asfáltica