Janones desiste da corrida presidencial e declara apoio a Lula

Candidato do Avante sacramentou aliança em encontro com o ex-presidente

Por Agência O Globo

Divulgação
O deputado federal André Janones (Avante) desiste da candidatura para presidente

O candidato do Avante à Presidência da República, André Janones , anunciou nesta quinta-feira que desistiu da disputa para apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) . O anúncio ocorreu após um encontro o petista, em São Paulo.

Janones, que é deputado federal por Minas, já vinha sinalizando que abandonaria a corrida pelo Palácio do Planalto. Na semana passada, após conversar com Lula por telefone, ele havia declarado que a aliança com o petista "caminha para dar certo".

De acordo com a última pesquisa do Instituto Datafolha, Janones tem 1% das intenções de voto. O deputado pediu que Lula incorpore pelo menos três propostas suas ao plano de governo. Entre os pleitos, estão a manutenção do valor de R$ 600 para o benefício do Auxílio Brasil, o pagamento da quantia em dobro para mães solteiras e a inclusão no sistema dos beneficiários do CadÚnico.

Janones se reuniu pela primeira vez com Lula durante a passagem do petista por Brasília na primeira quinzena de julho. A conversa foi mantida em sigilo.

No dia 26, durante sabatina na GloboNews, o candidato do Avante revelou que se encontrou com Lula. No dia seguinte, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, ligou para o deputado e o convidou para um novo encontro com o ex-presidente. Depois disso, o deputado do Avante e o candidato do PT passaram a dialogar pelas redes sociais.

Leia também
No dia 28, Janones fez uma postagem no Twitter e no Facebook em que explicava que decidiu se lançar ao cargo para combater a insegurança alimentar e instituir um benefício social permanente no Brasil, causa que Lula disse abraçar também. “Fico feliz. Essa também é a causa que me motiva na política, estamos juntos nisso. Vamos conversar”, comentou Lula na postagem.

INDICADAS PARA VOCÊ
Na última sexta-feira, o deputado disse que aceitava conversar com Lula . “Bolsonaro me bloqueou, Ciro não aceitou encontrar comigo, Tebet ignorou por completo minha existência, enquanto aquele que lidera as pesquisas pediu publicamente pra conversar comigo. Humildade e democracia andam lado a lado. Convite aceito. Vamos conversar @lulaoficial”, postou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre