Palavras que edificam


E, aproximando-se dele um escriba, disse-lhe: Mestre, aonde quer que fores, eu te seguirei. E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. Mateus 8:19-20.


Quem viveria como o Nosso Senhor Jesus Cristo viveu?  Ele, sendo o Criador de todas as coisas e sabendo por si mesmo que tudo estava a seu dispor, não teve por usurpação se apresentar como tal. Deu-nos um exemplo de humildade e se colocou como se fora o mais indigno dentre os homens.
Ao ser interpelado por um escriba, este lhe diz que estaria pronto a ir com Jesus por onde quer que este fosse, mas Jesus lhe diz algo que impressionou-o, e embora fosse dono de tudo, Jesus afirma: O Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça.
A primeira identificação da humildade de Cristo está no fato de Ele mesmo dizer de si: O filho do homem, todos desejavam ser filhos de Deus ,mas Jesus se identifica como o filho do homem.
A segunda identificação da humildade de Jesus afirmar que não tinha bem algum, não tinha uma conta bancária , não ostentava luxo e não estava nos palácios, mas onde estava reinava como aquele tem em si mesmo o trono.
O Reino de Jesus não tinha aparência exterior, não ostentava riquezas, ele tinha o prazer de declarar que não passava d e o filho do homem  e que não tinha nem onde dormir.
Que haja em nós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus que, sendo em forma de Deus não teve por usurpação ser igual a Deus, mas aniquilou-se a si mesmo tomando a forma de servo e sendo obediente até a morte e morte  de cruz.

Aprendamos com aquele que disse: Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração.

Evang. Dário Gomes de Araujo


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara