Teresa Leitão rebate Gilson Machado: “ele está meio atordoado”


A candidata ao Senado Federal da Frente Popular, Teresa Leitão (PT), concedeu entrevista à Rede Pernambuco de Rádios e ao Blog do Alberes Xavier. A conversa faz parte da série de entrevistas realizada com os postulantes ao Senado por pernambuco.

No bate-papo, Teresa rebateu uma fala do candidato do PL, que afirmou que “Pernambuco não merece ter dois petistas no Senado”. Segundo ela, essa não é uma decisão de Gilson e, se a população quiser, só restará para ele “fazer turismo”, em referência aos cargos que ele ocupou no governo Bolsonaro (PL). Gilson foi presidente da Embratur e ministro do Turismo.

“Humberto está realizando um trabalho muito bom e a CPI da Covid comprovou a seriedade, a competência e o compromisso dele. Quem vai dizer qual senador quer não é Gilson Machado. Ele está meio atordoado. Quem vai dizer qual senadora quer é o povo de Pernambuco. Se os pernambucanos disserem que terá dois senadores do PT representando o nosso estado no Senado Federal, Gilson machado vai ter que voltar a fazer turismo. É o que vai lhe restar”, afirmou.

A candidata do PT ainda avaliou a reta final da campanha eleitoral. “Estamos na reta final e a toada é uma só: Danilo Cabral estará no segundo turno, Teresa será eleita senadora e Lula vai arrombar a boca do balão aqui em Pernambuco. Agora é segurar isso até o dia 2 de outubro”, completou a candidata.

Ao ser perguntada porque merecia ser eleita, Teresa disse: “Com todo o respeito, eu tenho uma trajetória diferenciada dos outros candidatos que estão colocados. Não cai de paraquedas na Assembleia Legislativa e essa candidatura não foi nem um desejo pessoal, nem uma imposição, mas sim, uma construção coletiva”.

(Do Blog do Alberes Xavier)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre