Raquel recebe mais uma vez o movimento Todos pela Educação e apresenta propostas para a primeira infância e qualificação profissional


A pré-candidata ao Governo de Pernambuco, Raquel Lyra, recebeu, nesta sexta-feira (08), a presidente-executiva do Todos pela Educação, Priscila Cruz, e reforçou a centralidade que o tema terá em sua gestão. Raquel e sua equipe de plano de governo, que também participou da reunião, apresentaram a proposta Trilhatec, que vai profissionalizar os estudantes das escolas estaduais de ensino médio, e reforçou o compromisso de criar, em parceria com os municípios, 60 mil vagas de creches no Estado.

Raquel recebeu do grupo um panorama da educação básica, que traz os desafios que Pernambuco enfrenta na aprendizagem e na expansão do ensino médio.

“As lideranças políticas e os gestores públicos devem fazer uma leitura deste documento como um conjunto de caminhos norteadores das políticas públicas educacionais, contextualizando para suas realidades”, ressaltou Priscila Cruz.

Para Raquel Lyra, a educação na primeira infância é um dos principais caminhos para a promoção da transformação social de verdade. “As creches também são políticas de suporte às mães, que vão poder sair para trabalhar enquanto seu filho é alfabetizado na idade certa, obtendo, ao longo da vida escolar, não só uma progressão, como também a aprendizagem adequada. Já no Trilhatec, nosso objetivo é que todo aluno tenha a opção de se qualificar em um curso profissionalizante, inclusive preparando-se para as novas demandas da nova economia”, explicou.

Criado com a participação de diversos setores da sociedade brasileira, com o objetivo de assegurar o direito à educação básica de qualidade para todos os cidadãos, o Todos pela Educação está visitando pré-candidatos ao governo de 14 estados, apresentando um diagnóstico para a educação e sugerindo caminhos a serem adotados nos Planos de Governo. A coordenadora de Relações Governamentais, Manuela Pereira, também participou da conversa com Raquel.

“A situação de Pernambuco é muito preocupante, porque poucos alunos que chegam ao ensino fundamental e que não conseguem ingressar em escolas de ensino médio integral saem de lá sem o aprendizado adequado”, ressaltou Raquel.

Em 2021, o estado tinha apenas 17,7% de crianças em creches, de acordo com o Pacto Nacional pela Primeira Infância do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). "É o pior resultado entre todos os estados do Nordeste e está muito distante da meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação, que é de atender, no mínimo, 50% das crianças de 0 a 3 anos com creches", afirmou.

O presidente estadual do Instituto Teotônio Vilela (ITV), Fernando Holanda, e uma das coordenadoras do Plano de Governo de Raquel, Juliane Pepeu, também participaram da reunião.

RESULTADOS - Durante a gestão de Raquel Lyra à frente da Prefeitura de Caruaru houve um aumento no investimento de 151% na rede municipal de ensino (2017 a 2021), que trouxe melhorias de processos administrativos e pedagógicos, bem como na requalificação da estrutura física das unidades de ensino. O investimento em 2017 na área foi de quase R$ 30 milhões. Já em 2021, saltou para mais de R$ 75 milhões. Um crescimento de 150,70%.

No início de 2017, Caruaru possuía um total de 15 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), com 1,5 mil vagas. Entre 2017 e 2022, foram construídos mais 16, totalizando, atualmente, 31 no município. O número de vagas foi ampliado para 7,5 mil.

Foto: divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre