Surubim: MPPE convoca reunião com poder público e comerciantes para firmar entendimento sobre medidas sanitárias contra Covid-19 e Influenza


A 2ª Promotoria de Justiça de Surubim convocou representantes da Prefeitura e de clubes, restaurantes, bares e casas de eventos do município, assim como da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, para uma reunião, onde os presentes discutiram o cumprimento do Decreto nº 52.145, do Governo do Estado. O documento trata das medidas a serem obedecidas para evitar o contágio de Covid-19 e Influenza, e como cuidar dos pacientes das duas doenças. A reunião ocorreu em 14 de janeiro, no auditório do Espaço Cultural Dr. José Nivaldo, no centro da cidade.

Atualmente, a situação de Surubim quanto à pandemia é de que houve um considerável aumento do número de doentes, assim como surgiram os de Síndrome Gripal Leve. O promotor de Justiça Garibaldi Cavalcanti Gomes da Silva, que convocou a reunião, esclareceu que sobre a importância desse momento delicado da saúde pública. “Deve ser entendido como uma parceria entre os proprietários dos estabelecimentos comerciais que promovem diversão e o poder público, visando o cumprimento do Decreto atual do governador de Pernambuco.”

O promotor também frisou a importância do poder público municipal fiscalizar estes estabelecimentos, tomando todas as medidas necessárias para assegurar o cumprimento do Decreto. “A cobrança do passaporte vacinal é importante, assim como as pessoas devem manter o distanciamento social em virtude dos demais decretos não terem sido revogados ainda”, advertiu Garibaldi Cavalcanti Gomes da Silva.

Foi dito ainda que essas regras sanitárias também se aplicam aos serviços essenciais, que serão informados e cobrados em breve.

Os donos dos estabelecimentos comerciais pediram que houvesse divulgação das medidas sanitárias e da exigência dos passaportes vacinais pelos meios de comunicação locais, como rádios e blogs, para maior conhecimento da população, evitando constrangimento de clientes de terem que sair dos estabelecimentos. Tendo os representantes da Prefeitura se comprometido em empreender esforços para promover uma ampla divulgação, no âmbito municipal, da necessidade do passaporte vacinal para o cidadão ou a cidadã acessar os estabelecimentos comerciais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre