Paulo Câmara transmite comando do Estado para Luciana Santos

 

Governador estará em missão no exterior, participando da COP26

Em decorrência da viagem para Glasgow, na Escócia, o governador Paulo Câmara transmitiu o cargo, nesta quarta-feira (03.11), no Palácio do Campo das Princesas, à vice-governadora Luciana Santos, que ficará no posto até o próximo dia 11 de novembro. Durante esse período, Paulo Câmara participará da COP26, com o compromisso de ampliar a inserção dos chamados governos subnacionais no enfrentamento ao aquecimento global e no desenvolvimento sustentável, além de apresentar as ações estaduais voltadas para a preservação ambiental e firmar parcerias contra o desmatamento ilegal.

“Viajo muito tranquilo, com a certeza de que Luciana vai cuidar muito bem dos pernambucanos. Como vice-governadora, ela é uma peça fundamental e, mais uma vez, vai nos dar essa contribuição. Além disso, é um dia muito simbólico, porque pela primeira vez teremos duas mulheres comandando o Estado e a capital”, pontuou Paulo Câmara, referindo-se à prefeita do Recife em exercício, Isabella de Roldão, que substitui o prefeito João Campos, também em viagem à Escócia.

Na mesma solenidade, o governador assinou o decreto que institui o Grupo de Trabalho Memorial da Democracia de Pernambuco, com a finalidade de discutir formas de estruturação do acervo documental produzido pela Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Câmara. “Nosso foco é dar toda condição de trabalho a esse grupo, para que, mais na frente possamos entregar a Pernambuco mais um equipamento que fortaleça nossa luta pela liberdade e pela democracia”, pontuou Paulo Câmara.

Ao assumir o cargo pela sexta vez, Luciana Santos reforçou a importância da programação que o governador Paulo Câmara cumprirá no exterior, e frisou que dará continuidade às agendas do Estado. “Pernambuco é um lugar de lutas libertárias e agora temos, pela primeira vez, duas mulheres no comando, com Isabella, que também está à frente da prefeitura. Todos esses momentos se revestem de muito simbolismo. Nesses dias em que o governador estará ausente seguirei avançando com as questões da retomada e vamos fazer jus às expectativas, contando com o apoio de todo o secretariado”, pontuou Luciana.

Participaram da transmissão de cargo a prefeita do Recife em exercício, Isabella de Roldão; o presidente da Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa, deputado Waldemar Borges; os secretários estaduais José Neto (Casa Civil), Alexandre Gabriel (Chefe da Assessoria Especial), Sileno Guedes (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude), Décio Padilha (Fazenda), Alexandre Rebelo (Planejamento e Gestão), Alexandre Campelo (Chefe de Gabinete) e coronel Carlos José (Casa Militar); a vereadora do Recife, Cida Pedrosa; além dos integrantes da Comissão do Memorial da Democracia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado