Prefeito de Curitiba anuncia lockdown: "O Brasil adoeceu, Deus proteja Curitiba"

Restrições durarão por nove dias a
 partir da 0h deste sábado (13)

Por iG Último Segundo

Reprodução
Prefeito de Curitiba pede ajuda a Deus contra Covid-19

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM) anunciou na noite desta sexta-feira (12) que vai decretar lockdown no município por nove dias, a partir da 0h deste sábado, para conter o avanço da Covid-19. Apenas serviços essenciais como farmácias, supermercados e postos de gasolina devem ter funcionamento permitido.

"O que eu não gostaria de dizer, mas vim aqui cumprir o meu dever, é que o Brasil adoeceu. Adoeceu de uma nova cepa feroz em transmissão, rápida em contágio, eficaz em matar e, o que é muito triste, matar os mais jovens", lamentou Greca.

O prefeito fez o pronunciamento por meio de um vídeo em suas redes sociais (assista abaixo). Ele lamenta a situação da capital paranaense e diz que é a primeira vez que anuncia restrições máximas.


"É um esforço imenso, que não é para gerar desânimo, mas para provocar esperança. Só vai passar se todo mundo ajudar. O negacionismo, a ignorância, o fingir que está tudo bem não vão ajudar ninguém", disse o prefeito.

"Eu quero ver Curitiba curada. (...) Nós precisamos ficar em casa, só sair se for absolutamente necessário. (...) Deus proteja Curitiba para que a misericórdia de termos que escolher quem vai viver e quem vai morrer não tenha que ser exercida nos sistemas de saúde."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado