Justiça do Rio afasta Flordelis (PSD-RJ) do cargo de deputada federal

Decisão do TJ-RJ será submetida ao
 plenário da Câmara dos Deputados

Por iG Último Segundo

Pedro Teixeira / Agência O Globo
Flordelis foi afastada de seu cargo de Deputada Federal por decisão unânime do TJ-RJ

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro afastou, nesta terça-feira (23), Flordelis (PSD-RJ) de seu cargo de deputada federal. Decisão foi tomada por unanimidade dos votos.

A parlamentar é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, morto no dia 16 de junho de 2019, com mais de trinta tiros.

Seis dos 55 filhos de Flordelis estão presos aguardando julgamento, além de uma neta.

A decisão do TJ-RJ será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados, que, assim como ocorreu com o deputado Daniel Silveira, preso por incitar violência a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), terá a decisão de manter, ou não, a deputada afastada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Dispensa comentários