Paulo Câmara: “Educação é o maior investimento que qualquer governante pode fazer”



Governador participou da abertura de evento virtual promovido pelo Instituto Natura para debater o Ensino Médio Integral

 

O governador Paulo Câmara participou, nesta terça-feira (01/12), da abertura do seminário virtual “Ensino Médio Integral 2020”, promovido pelo Instituto Natura, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Com o objetivo de discutir o futuro da educação pública brasileira e sua melhoria por meio da ampliação do Ensino Médio Integral, a iniciativa acontece até a próxima quinta-feira (03), das 10h às 12h, com transmissão gratuita pelo canal do Instituto Natura no YouTube (www.youtube.com/user/naturainstitutonat). Também participaram do painel o governador do Ceará, Camilo Santana, além dos secretários de Educação Fred Amancio (PE) e Claudio Furtado (PB).


“Educação é o maior investimento que qualquer governante pode fazer. Envolve aspectos do desenvolvimento social e econômico. O caminho que Pernambuco trilhou é um exemplo importante de que priorizar a educação como uma política de Estado é um fator decisivo. Vários estudos apontam que ter uma política bem estruturada em relação ao Ensino Integral nos proporcionou alcançar resultados expressivos em pouco mais de dez anos”, afirmou Paulo Câmara.


O governador destacou, ainda, o papel das Escolas em Tempo Integral na elevação dos índices educacionais no Estado. Pernambuco, por exemplo, tem uma taxa de abandono escolar de 1,2%, considerada a menor do País. “A rede pública de ensino no Estado este ano já conta com 65% dos seus estudantes do ensino médio estudando em tempo integral. Essa política permitiu a melhoria do resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) que é o principal indicador da educação no Brasil. Saímos das últimas colocações em 2007 e desde 2016 estamos entre os principais estados melhores colocados no ranking. Isso mostra que estamos no caminho certo”, pontuou.


Atualmente, são 438 Escolas em Tempo Integral em todos os municípios do Estado, incluindo Fernando de Noronha, sendo 394 Escolas de Referência e 46 Escolas Técnicas Estaduais, atendendo cerca de 181 mil estudantes. Para 2021, o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação e Esportes, prevê a ampliação da rede e a expectativa é alcançar 65% das matrículas no ensino médio em tempo integral, ultrapassando a marca de 190 mil estudantes contemplados com esta modalidade.


“O que nós percebemos é que os índices educacionais do Estado vêm avançando junto com esse processo de expansão da rede de escolas de tempo integral. Quando comparamos os números das escolas dessa modalidade com as de período parcial, os números são muito positivos. Inclusive, desde 2016, passamos a ofertar diferentes modelos dentro do ensino integral porque entendemos que é preciso se adaptar às especificidades da rede de ensino”, disse o secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio.


O diretor-presidente do Instituto Natura, David Saad, considera que o ensino médio é o período mais desafiador da educação. “Tanto para a retenção, como para o aprendizado dos estudantes. Por isso, discutir e dar luz às evidências de um modelo de ensino que tem conseguido dar respostas aos principais desafios dessa etapa de ensino é fundamental. Precisamos avaliar, em conjunto, os resultados do modelo por meio das vivências e entendermos as perspectivas para os próximos anos e avançarmos na educação pública brasileira”, explicou.

 

Foto: Aluísio Moreira/SEI


Da Assessoria

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz