Doze trabalhadores morrem em batida de van com caminhão, na BR-365

A causa do acidente foi um incêndio que derrubou árvore na pista


Van levava trabalhadores rurais para Patrocínio
(foto: Divulgação/PRF)

Doze pessoas morreram e outra ficou ferida em um acidente na BR-365, na madrugada deste domingo no Município de Patos de Minas, no Alto Paranaíba. A batida envolveu uma van e um caminhão, que bateram por causa de um incêndio às margens da rodovia. Um segundo acidente aconteceu, posteriormente, devido ao trânsito lento, mas sem feridos graves.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Patos de Minas, a van ia sentido Patrocínio, também no Alto Paranaíba, e estava com trabalhadores rurais que faziam colheita em lavouras da região. Um incêndio às margens da BR-365 derrubou uma árvore na pista, na altura do KM 373, o que levou o motorista da van a invadir a pista contrária para não bater na árvore. Com a manobra, o condutor colidiu de frente ao caminhão que vinha no outro sentido. O veículo de carga tinha placas de Itabaiana (SE) e estava carregado com caixas de frutas.

Onze pessoas que estavam na van e o motorista do caminhão morreram no local da colisão. Um dos passageiros da van foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital Regional de Patos de Minas. As primeiras informações dão conta de que ele teve traumatismo craniano, mas o quadro de saúde dele é estável.

O Corpo de Bombeiros também esteve no local e realizou o corte da árvore e limpeza da pista. Os veículos foram retirados do local.

Outro acidente

Enquanto a limpeza da via acontecia e o trânsito estava comprometido, outros dois caminhões acabaram batendo e um homem ficou preso nas ferragens. Ainda segundo a PRF, um veículo bateu na traseira do outro e os bombeiros tiveram que trabalhar para o corte da cabine do segundo caminhão para que o motorista pudesse ser retirado. Ele, porém, não teve ferimentos graves.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado