Reinaldo diz que delação de Dario Messer atingiu a maior aliada da Lava Jato: a Globo

"Certamente a emissora não exibirá com exclusividade o vídeo em que o doleiro faz acusações à família. Não será considerado de interesse jornalístico", aponta o jornalista

Reinaldo Azevedo e Sergio Moro (Foto: reprodução | abr)

247 – O jornalista Reinaldo Azevedo escreve em sua coluna que a delação do doleiro Dario Messer, feita no Rio de Janeiro, produziu um dano colateral: atingiu a maior aliada da própria Lava Jato, que é a Globo. Isso porque Messer afirmou que fazia entregas mensais de cerca de US$ 300 mil aos irmãos Marinho, donos da emissora.

"Para pensar: todas as delações são gravadas. Certamente a emissora não exibirá com exclusividade o vídeo em que o doleiro faz acusações à família. Não será considerado de interesse jornalístico. Em sua busca por protagonismo, a Lava Jato atinge a sua principal aliada", escreveu Reinaldo.

"De resto, uma lição começa a se desenhar: quem flerta com o Estado policial e com práticas policialescas em nome do bem maior — o combate à corrupção ou a pureza divina, tanto faz — acaba entrando na fila da guilhotina. Quando menos da guilhotina de reputações. Hora de rever os critérios do jornalismo, das delações e das homologações. No Estado policial, não existem inocentes. Só culpados de ocasião", apontou.

No sábado, Jair Bolsonaro ironizou a Globo e pediu reportagem no Fantástico sobre a delação de Messer. Saiba mais sobre o caso e inscreva-se na TV 247


Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS