IFPE reforça combate à COVID-19 em Pesqueira e região


O instituto fez doações de equipamentos e integra o comitê de enfrentamento à doença

O Instituto Federal de Pernambuco – Campus Pesqueira está engajado no combate e na prevenção à COVID-19, doença causada pelo novo Coronavírus. O IFPE-Pesqueira se uniu à Prefeitura de Pesqueira e outros órgãos na adoção de medidas de proteção da comunidade.

Nesses esforços, o IFPE-Pesqueira doou ao Hospital Doutor Lídio Paraíba equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde que trabalham na linha de frente no atendimento aos pacientes. O IFPE-Pesqueira repassou ao hospital 500 aventais, 500 pares de luvas e 600 toucas descartáveis.

Além da doação de materiais de proteção, o IFPE-Pesqueira também integra o Comitê de Respostas Rápidas ao Coronavírus (COVID-19) – CRRC. O grupo foi criado pela Prefeitura de Pesqueira com o objetivo de traçar estratégias de prevenção e combate à doença no município. O IFPE-Pesqueira é representado no comitê pelos professores do Curso de Enfermagem, Nelson Galindo e Ana Carla Alexandre.

Entre as atividades a cargo dos professores estão: o treinamento de profissionais de saúde que estão no enfrentamento à Covid-19, orientando sobre o uso de EPI e sobre as recomendações da abordagem de urgência ao paciente com coronavírus, e o assessoramento na montagem dos leitos de isolamento para a Covid-19. Além disso, a professora Ana Carla Alexandre também vai fazer atividades de orientação e educação com profissionais de diversas áreas.

“A ideia é treinar e educar em saúde os profissionais que irão fazer a abordagem na rua para a manutenção do isolamento. Entre esses profissionais estão policiais militares, bombeiros militares, militares do tiro de guerra e os guardas municipais de trânsito”, explica Ana Carla.

De acordo com o último boletim divulgado pelo Ggoverno do Estado, Pernambuco tem 42 casos confirmados da Covid-19. O isolamento social é hoje a medida mais defendida por especialistas, como forma de evitar a transmissão do vírus. “É preciso manter a calma, manter as ações mediante a recomendação da Secretaria Municipal de Saúde, dos órgãos competentes. Permanecer com isolamento social, permanecer em casa, pra gente diminuir essa expectativa de aumento da infecção por coronavírus”, enfatiza a professora Ana Carla.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS