Aonde irão chegar os nossos Vereadores? - Parte II, Por Zé Minhoca

             

Em Fevereiro deste ano, repercutiu na nossa Imprensa, falada e escrita, um lamentável incidente ocorrido nas calçadas da Câmara de Vereadores, envolvendo dois Assessores Parlamentares. À época, chamei a atenção do “jovem e imaturo Presidente, para não se deixar contaminar pelo tom belicoso, com que alguns Vereadores, estavam carregados, e, ao final, indagava: Aonde irão chegar os nossos Vereadores?”.

Reiterando a minha preocupação com os rumos que a nossa, hoje, não mais tão respeitada Câmara, continua a seguir (veja-se, por exemplo, a justificativa insolente que alguns Vereadores deram ao votarem contrários à alguns Projetos-de-Lei e Requerimentos), assisto constrangido e apreensivo a mais um deplorável incidente acontecido, desta vez, no interior da Câmara, e pior, envolvendo o seu Presidente e um Colega da Oposição.

Incidente, diga-se de passagem, gerado pela falta de pulso e de jogo-de-cintura do Presidente, que não soube, nem sabe e nem quererá saber, tratar a todos, com imparcialidade!

Se hoje, já é latente e visível o descompasso existente na Câmara, entre os componentes da Mesa Diretora e os demais Vereadores, da própria Bancada, o que esperar no ano das eleições? Certamente, dias nebulosos e sombrios! O nosso município, com certeza, não merece!

Por isso repito: o povo, a quem devemos total e absoluta satisfação, fica a se perguntar: 

Aonde irão chegar os nossos Vereadores?


José Bezerra da Costa
Vereador e Presidente Municipal do PSDB.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÉDICOS CUBANOS GANHAM DESPEDIDA, NA SEDE DA UESCC, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE