Nordeste é campeão de medalhas na Olimpíada Nacional em História

Das 75 premiações distribuídas na competição, mais de três quartos foram conquistadas por estados da região. Primeiro lugar ficou com o Rio Grande do Norte


Por: 
OP9
O grupo da Escola de Aplicação do Recife (UPE) trouxe para casa seis medalhas. Foto: Reprodução/Whatsapp
O grupo da Escola de Aplicação do Recife (UPE) trouxe para casa seis medalhas. Foto: Reprodução/Whatsapp
O Nordeste ficou na liderança absoluta entre todas as regiões do Brasil na 11ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB) deste ano. Do total de 75 medalhas distribuídas na competição, 58 — o equivalente a mais de 77% — foram para delegações de estados nordestinos. Entre as cinco maiores medalhistas do torneio, quatro são formadas por equipes do Nordeste, com destaque para o Rio Grande do Norte, que levou 20 das premiações. Em seguida vêm Pernambuco, com 15 medalhas, Ceará, com 14, São Paulo, com 12, e Bahia, com quatro.
Leia também:

Rio Grande do Norte e Pernambuco lideraram também a contagem das medalhas de ouro, com quatro e três, respectivamente. As equipes pernambucanas responsáveis por levar o ouro para casa foram a HerStory, do Colégio de Aplicação da UFPE, Fulô do Sertão, do Colégio Núcleo, e Olha o Sucesso, do Colégio Equipe.  ONHB foi disputada nos dias 17 e 18, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ao todo, 314 grupos formados por 1,2 mil alunos de todos os estados brasileiros foram convocados para a fase final da disputa.
Estudantes pernambucanos que lançaram campanha para conseguir participar da competição trouxeram seis prêmios para o estado
A 11ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil teve 73 mil inscritos na fase inicial. As equipes selecionadas passaram por seis etapas eliminatórias online com duração de uma semana cada. Entre os participantes mais empolgados estavam 30 alunos da Escola de Aplicação do Recife (UPE) que, na semana passada, lançaram uma campanha para custear a ida ao torneio de todos os integrantes do grupo. O empenho deles conseguiu trazer seis da 15 medalhas de Pernambuco.
De acordo com o professor Alberon Lemos, responsável pela turma, a etapa final da competição foi bem difícil.”Os meninos tiveram uma semana muito tensa antes da viagem e da prova. Eles não puderam estudar muito porque tiveram que levantar o restante da quantia para viabilizar o deslocamento. Mesmo assim, foi bem gratificante pois conseguimos conquistar, três medalhas de prata e três de bronze”. Após todo o processo da competição, Alberon afirma que o sentimento que fica é o de “dever cumprido e muita felicidade”.
Dias antes da competição, o grupo descobriu que o governo de Pernambuco arcaria apenas com as despesas de 15 dos 30 estudantes classificados, como previsto em uma portaria publicada em 2018. Os alunos que conseguiram o benefício, porém, decidiram não viajar sem o restante dos colegas e se uniram em uma campanha para arrecadar o dinheiro das passagens. Além das doações recebidas pro meios dos apelos nas redes sociais, eles também organizaram rifas e venderam roupas e doces para angariar recursos.
Confira o ranking de estados medalhistas da  11ª edição da ONHB
  • Rio Grande do Norte (4 ouro, 7 prata, 9 bronze):  total de 20
  • Pernambuco (3 ouro, 7 prata,  5 bronze): total de 15
  • Ceará (2 ouro, 3 prata,  9 bronze): total de 14
  • São Paulo (3 ouro,  2 prata,  7 bronze): total de 12
  • Bahia (1 prata, 3 bronze): total de 4
  • Piauí (3 prata)
  • Minas Gerais (2 ouro)
  • Goiás (1 prata)
  • Pará (1 bronze)
  • Paraíba (1 prata)
  • Rio de Janeiro (1 ouro)
  • Sergipe (1  bronze)
Equipes pernambucanas que conquistaram medalhas:
Medalhas de Ouro
  • Equipe HerStory – Colégio de Aplicação da UFPE
  • Equipe Fulô do Sertão – Colégio Núcleo
  • Equipe Olha o sucesso – Colégio Equipe
Medalhas de Prata
  • Equipe Polentinhas do Arrocha – Escola de Aplicação do Recife (UPE)
  • Equipe As Rosas do Sertão – Escola de Aplicação do Recife (UPE)
  • Equipe Valete, Dama e Rei – Escola de Aplicação do Recife (UPE)
  • Equipe Meninas Super Poderosas – Colégio Boa Viagem
  • Equipe Rosas de Luxemburgo – Colégio Núcleo
  • Equipe Meninas da Lama – Colégio Equipe
  • Equipe Alok – Colégio Boa Viagem
Medalhas de Bronze
  • Equipe Tri barril que só a cebola – Colégio de Aplicação da UFPE
  • Equipe MACAMA – Colégio de Aplicação da UFPE
  • Equipe Os cabra da peste – Escola de Aplicação do Recife (UPE)
  • Equipe ComunaCats – Escola de Aplicação do Recife (UPE)
  • Equipe Só Vai!!! – Escola de Aplicação do Recife (UPE)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PROFESSORA INDIGNADA ESCREVE AO BLOG DO JAIRO GOMES