Encontro na Câmara de Vereadores começa a definir rumos para reabertura do Matadouro Público

Audiência Pública reuniu trabalhadores, membros do poder público e representantes dos órgãos fiscalizadores


Na manhã desta quinta-feira (02) aconteceu a Audiência Pública para discutir a reabertura do Matadouro Público Municipal de Santa Cruz do Capibaribe. O encontro na Câmara de Vereadores reuniu trabalhadores,  membros do poder público e representantes dos órgãos fiscalizadores com o intuito de encontrar uma solução para que o equipamento seja reaberto o mais breve possível. O Matadouro foi fechado há um mês por determinação judicial.

A audiência foi uma iniciativa do vereador Toinho do Pará.

"Na qualidade de representante do povo, conhecedor da zona rural, sei que os criadores de animais para o abate têm a sua importância econômica e social dentro do nosso município. Não vamos medir esforços para solucionar esse problema para quem cria, produz, vende e vive do comércio da carne. Em conjunto podemos discutir e encontrar uma solução para reabrirmos o Matadouro Público", disse o vereador. 

O relatório da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (ADAGRO) apontou irregularidades como a inexistência de licença ambiental e ausência de sistema de tratamento dos rejeitos. Na reunião, os representantes do órgão destacaram que a ADAGRO estará de portas abertas para ajudar no processo de reabertura, desde que o projeto de readequação seja cumprido contemplando o que está no relatório.

Além de Toinho do Pará, representando o Poder Legislativo Municipal estiveram os vereadores Carlinhos da Cohab, Nailson Ramos, Deomedes Brito, Klemerson Pipoca, Capilé da Palestina, Joab do Oscarzão, Jéssyca Cavalcanti, Irmão Val e o presidente da Câmara, Augusto Maia.

Representando a Prefeitura Municipal, estiveram o vice-prefeito Dida de Nan, o secretário de Saúde, Dr. Nanau e o secretário executivo de Agricultura, Lenildo Araújo.

"Vamos procurar as orientações do CPRH para que a gente possa entrar com o pedido de licença ambiental, adequar as multas e mostrar nossa proposta", relatou Lenildo.

Representando a Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) esteve presente o engenheiro químico Zanone Ribeiro. A ADAGRO foi representada pelo gerente regional Luís Carlos. 

Após a Audiência Pública, vereadores se reuniram com os representantes da CPRH, ADAGRO e prefeitura para definir os primeiros passos para a elaboração do projeto de readequação do Matadouro Público.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara