Deputados articulam melhorias na Feira da Sulanca


Fiscalizar as condições de segurança e articular ações efetivas na Feira da Sulanca. Esse foi o objetivo da visita técnica realizada pela Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa. Deputados estaduais, secretários do estado e do município, além de representantes de órgãos de segurança e da sociedade civil participaram da atividade, que ocorreu na manhã desta segunda-feira, 13. 

O presidente da CDET, deputado Delegado Lessa (Progressistas), o qual propôs a visita técnica, destacou que a atenção dos parlamentares para com o assunto será permanente. “Vamos cada vez mais fiscalizar a execução dos projetos para a nossa Feira da Sulanca”, declarou.

Entre as deliberações pactuadas mediante a visita técnica, está a apresentação de propostas de ações de curto, médio e longo prazo para diminuir os riscos no ambiente. As sugestões estão sendo elaboradas pelo Corpo de Bombeiros e incluem a elaboração de um projeto de segurança de incêndio e pânico, bem como a implementação de cursos de treinamento para os feirantes serem orientados a como proceder em casos de sinistro. Semelhantemente, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) também apresentará estudos para minorar os embaraços provocados pelas instalações elétricas irregulares na Sulanca. Ambos os materiais serão apresentados ainda esta semana aos poderes públicos municipal e estadual.

Ainda de acordo com o Delegado Lessa, a realização da visita técnica proporcionou um aprofundamento nos detalhes da estrutura e da dinâmica na área. “Conversamos com feirantes que tiveram os bancos atingidos no incêndio que ocorreu no dia 06. Alguns calcularam prejuízos da ordem de R$ 25 mil, outros de até R$ 100 mil”, ressaltou. 


Um dos depoimentos ouvidos pela comitiva foi da vendedora Carla Rodrigues. Ela trabalha na Feira da Sulanca há mais de 10 anos e testemunhou que um curto-circuito aconteceu no início da manhã desta segunda-feira, 13, provocando um começo de incêndio e gerando preocupação entre os comerciantes. “Estamos vivendo um clima de insegurança e de falta de estrutura. Milhares de pessoas conseguem o pão de cada dia a partir desta feira. Os poderes públicos não podem ser relapsos, pois aqui é o coração econômico de Caruaru”, afirmou. 

Os deputados Sivaldo Albino (PSB) e Pastor Cleiton Collins (PP); o secretário estadual da Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação do Estado, Alberes Lopes; o vice-prefeito Rodrigo Pinheiro; o presidente da Associação dos Sulanqueiros, Pedro Moura; os secretários municipais José Pereira (Extraordinário da Feira); Lino Portela (executivo do Governo); Henrique Oliveira (Administração); Karla Vieira (Ordem Pública); Diogo Bezerra (Fazenda); Rodrigo Miranda (Obras); o controlador do município, Dimitre Bezerra; o gerente de operações da Feira, Anderson Lambreta; o tenente-coronel Fernandes, comandante do 2º Grupamento de Bombeiros de Caruaru; o capitão Henrique, chefe da Divisão de Operações; o tenente Adjair, chefe da Primeira Seção de Atividades Técnicas do 2º GBC; o presidente da Associação dos Sulanqueiros, Pedro Moura; e a presidente do Comando Presente, Fátima Amaral, também acompanharam a visita técnica.

Fotos: Viliane Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Imagens fortes. Jovem espanca e mata amante do pai no meio da rua