Ou governo desce do palanque ou vamos fazer oposição no nível deles, diz Humberto

Do Blog de Jamildo

Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

Ausente na posse do presidente Jair Bolsonaro (PSL) como a oposição, o senador Humberto Costa (PT-PE), líder da bancada no Senado, acusou Bolsonaro nesta terça-feira (1º) de aprofundar conflitos.

“Nós não fomos à posse porque, desde que ganhou, Bolsonaro, ao invés de lançar um pedido de conciliação e superar conflitos, só tem feito aprofundar”, afirmou o petista.

“Era importante deixar marcada essa nossa posição. Ou o governo desce do palanque e discute com a sociedade como um todo ou vamos ter que fazer oposição no nível que eles atuarem em relação a nós e ao povo brasileiro”.

“Nós vamos fazer uma oposição sem adjetivos, oposição. Naturalmente em qualquer situação que tenha questões boas para o País terá nosso apoio, mas, que tenhamos hoje interseção política com o projeto de Bolsonaro, isso não ocorre”, disse ainda.


“Fez uma afirmação política muito forte do que Pernambuco sempre foi e é um Estado comprometido com a liberdade, a democracia. Vai apoiar aquilo que seja do interesse de Pernambuco e do Brasil, mas que vai resistir a qualquer tentativa de prejudicar Pernambuco ou o Nordeste ou prejudicar esses princípios democráticos”.

O PT elegeu 56 deputados federais e é o maior partido na Câmara. Para evitar a hegemonia do partido, PSB, PDT e PCdoB se reuniram em um bloco de oposição, sem os petistas. 

O PSB elegeu 32 parlamentares, o PDT terá 28 e o PCdoB, que não conseguiu ultrapassar a cláusula de barreira, nove.

Postagens mais visitadas deste blog

ZÉ ELIAS CONCEDE ENTREVISTA E FALA SOBRE O MOMENTO DIFÍCIL QUE ESTÁ PASSANDO

EDILSON TAVARES, UM OUTSIDER QUE DEU CERTO