Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 24, 2018

ZÉ AUGUSTO, DEPOIS DE MUITA PRESSÃO, DIZ QUE FERNANDO É O CANDIDATO NATURAL PARA 2020

Imagem
FOTO - Alberes Xavier
Nesta sexta-feira (23) o pré-candidato a deputado estadual, Zé Augusto Maia, promoveu um almoço em sua residência, em Santa Cruz do Capibaribe, para assinar sua filiação ao AVANTE (Antigo PTdoB). Compareceram ao evento os deputados federais Sílvio Costa e Ricardo Teobaldo, além de vários atores políticos da Capital das Confecções. 
Entre as várias perguntas direcionadas ao anfitrião a de maior impacto foi a do repórter Marcondes Moreno, onde ele questiona Zé Augusto sobre a dificuldade do mesmo admitir seu apoio a Fernando Aragão em uma possível apresentação do nome do "Baixinho" para 2020.
Confira no link abaixo:

Inclua seu veículo roubado/furtado no Sistema Sinal da Polícia Rodoviária Federal

Imagem
SINAL - Sistema Nacional de Alarmes




Atenção
Comprovadamente, a probabilidade de recuperação de um veículo é maior nas primeiras horas após a ocorrência do fato. Assim, o Sistema Sinal (PRF) supre uma importante necessidade, pois disponibiliza aos policiais rodoviários federais em todo o país, imediatamente após o registro, informações de ocorrências de furto/roubo de veículos, tornando-se uma eficiente ferramenta no combate a esse tipo de crime.
IMPORTANTE: O registro no sistema Sinal da PRF não substitui a confecção do Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.
O registro no sistema Sinal da PRF também pode ser feito por telefone. Basta ligar para o número da Polícia Rodoviária Federal, o 191.
Código Penal: DECRETO-LEI No 2.848, DE 7 DE DEZEMBRO DE 1940.
Art. 340 - Provocar a ação de autoridade, comunicando-lhe a ocorrência de crime ou de contravenção que sabe não se ter verificado:
Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.

Janela instaura ‘balcão’ de troca partidária na Câmara dos Deputados

Imagem
Proximidade do início do período permitido para a mudança de legenda intensifica negociações com deputados; recursos para campanha são a principal oferta
Isadora Peron e Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo
BRASÍLIA - Com a proximidade do início do período permitido para a mudança de partido, em 7 de março, legendas intensificaram as negociações para atrair novos deputados e aumentar as chances de eleger uma bancada maior na Câmara em outubro. A principal moeda de troca usada pelos partidos tem sido o dinheiro público que bancará as campanhas. Além do fundo eleitoral, estimado em R$ 1,7 bilhão, mais R$ 888 milhões do Fundo Partidário poderão ser distribuídos aos candidatos.
Sessão na Câmara dos Deputados. Foto: Adriano Machado/Reuters
A chamada “janela partidária” foi instituída em 2016 por meio de uma emenda constitucional que, na prática, estabelece um período de 30 dias no qual parlamentares podem mudar de partido sem que percam os seus mandatos. 
Esta será a primeira eleição geral sem…