Magno Malta atacou o aumento a ministros do STF, mas não apareceu na votação

O gabinete do senador informa que ele precisou se ausentar para fazer um check-up

O senador Magno Malta (PR-ES) - Pedro Ladeira/Folhapress

Mônica Bergamo
Folha de São Paulo
 
O senador Magno Malta (PR-ES) atacou, antes da aprovação no Senado, o aumento a ministros do STF: “Vamos lutar forte e não permitir essa indignidade.” Ele, no entanto, não apareceu na votação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara