STF decide tornar Aécio Neves réu por corrupção e obstrução de Justiça

Denúncia da PGR foi aceita por 4 dos 5 ministros que compõem a Primeira Turma do tribunal

Senador é acusado de corrupção e obstrução de Justiça
Foto: Reprodução

Da redação do JC com Agências

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, na tarde desta terça-feira (17), tornar o senador Aécio Neves (PSDB) réu por corrupção e obstrução de Justiça. Foram favoráveis ao recebimento da denúncia contra o parlamentar: Marco Aurélio Mello, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux. O ministro Alexandre de Moraes foi o único a votar contra.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) acusa o tucano de receber ilicitamente R$ 2 milhões de Joesley Batista, oriundos do grupo J&F, e de atrapalhar as investigações em torno da Operação Lava Jato. Os demais são acusados de participar do esquema de recebimento dos R$ 2 milhões.

Relator do caso, o ministro Marco Aurélio afirmou que há indicativos de solicitação de vantagem indevida pelo detentor de mandato, com auxílio da irmã, Andrea Neves; seu primo, Frederico Pacheco, e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrella (PMDB-MG).

Sobre a atuação de Aécio nas atividades parlamentares, o ministro disse que não há como imputar crime de obstrução à justiça, mas que em conversas gravadas, o senador, ao buscar direcionar delegados federais para atuar em inquéritos de seu interesse com a finalidade de beneficiá-lo, como narra a PGR, indica que pode ter havido o segundo crime imputado ao senador, de obstrução à justiça.

Outro lado

Nesta segunda-feira, 16, na véspera do julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), Aécio admitiu que o empréstimo de R$ 2 milhões que requereu a Joesley Batista foi "impróprio" e que cometeu um "erro". Porém, o senador negou que tenha cometido os crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça, pelos quais é acusado. Em entrevista, Aécio disse ter sido vítima de um "enredo predeterminado" construído pela defesa do empresário e membros do Ministério Público.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara