Polícia Federal anuncia prisão de criminoso que aliciava crianças

Os jovens, depois de terem enviadas suas fotos, eram chantageados sob ameaça, afirma PF

Segundo a PF, 123 vítimas foram comprovadas, todas menores de idade
Foto: Pixabay

JC Online

A Polícia Federal em Pernambuco divulgou, em nota, a prisão de um criminoso que se passava por mulher na internet para aliciar crianças e adolescentes.

A "mulher" pedia que eles enviassem fotos suas nuas sob a promessa que depois também enviaria sua foto nua para eles, diz a PF.

Os jovens, depois de terem enviados suas fotos, eram chantageados sob a ameaça de ter suas fotos postadas em redes sociais e em sites de pornografia, afirma a polícia.

Ainda segundo a PF, a coação, que acontecia sobre grave ameaça, tinha o agravante de que os jovens eram forçados a manter relações sexuais com os seus animais de estimação (citando exemplos de gatos e cachorros) e com seus irmãos menores para que as fotos não fossem publicadas.

Até o momento, 123 vítimas foram comprovadas, todas menores de idade. O número pode ser maior, tendo em vista que em quatro perfis fictícios criados no Facebook com nome de mulheres, os envios de fotos e vídeos para o criminoso ultrapassaram os 200.

No celular apreendido dele foram encontrados inúmeros registros em vídeos e fotos de suas vítimas em conteúdo pornográfico infantil.

Mais informações do caso serão divulgadas na próxima segunda-feira (23).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara