Congresso prepara pacote de alívio de R$ 51 bi a Estados

Rodrigo Maia e Eunício Oliveira, chefes da Câmara e do Senado. 
Crédito: Dida Sampaio/Estadão

A pouco menos de um ano da eleição, o Congresso corre para concluir, até o fim do ano, a votação de um pacote de socorro aos Estados que soma R$ 51,2 bilhões.

Governadores terão prazo maior para pagar precatórios. Estão liberados para usar receitas de royalties como garantia para novos empréstimos e ainda poderão 'vender' no mercado dívidas que ainda vão receber.

Essas medidas encontram espaço para avançar entre os parlamentares por conta da situação caótica dos Estados. Mas são polêmicas, já que podem ir de encontro à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE

MENDONÇA FILHO VOLTA A SER ESCRACHADO: ‘XÔ, GOLPISTA’

O Estádio Arizão se "veste" para receber o São João da Moda 2018

ACUADO, TEMER CEDE AOS CAMINHONEIROS E DESFAZ POLÍTICA DE PARENTE, QUE PODE CAIR